Apresentamos 10 raças de cães de colo

Também chamadas de cães de pequeno porte, as raças de colo são ideais para quem procura um cão que adora estar na presença do tutor

Algumas raças de cães são tão pequenas que a vontade que dar é colocar no colo e sair carregando por todos os lados. Os chamados cães de porte pequeno são os preferidos dos brasileiros, seja pelo charme do tamanho ou por serem mais adaptáveis a lugares pouco espaçosos.

De acordo com um levantamento feito pela empresa de hospedagem de cães, DogHero, das 20 raças mais populares do Brasil, 11 são de porte pequeno. A pesquisa foi feita levando em consideração os mais de 280 mil cães cadastrados na base de clientes da instituição.

Pensando em toda essa popularidade, o Clube para Cachorros preparou uma lista com as 10 raças de cães para colo e suas principais características.

Raças de cães de colo

1. Yorkshire terrier

Cachorro da raça yorkshire

Os cães dessa raça são amistosos com humanos, mas não com outros animais (Foto: depositphotos)

O cão que encabeça essa lista é um pequeno aventureiro e vivaz. Cães da raça yorkshire terrier são ótimos companheiros, não sujam muito e costumam ser bem divertidos com todos da família.

É característica desses pequenos a curiosidade, fidelidade e a ousadia. A única dificuldade desses peludos diz respeito à convivência com outros cães. Apesar de pequeno, é cheio de personalidade.

Veja tambémAs raças de cachorro mais quietas

2. Chihuahua

Cachorro da raça chihuahua

Essa raça é uma das favoritas da socialite Paris Hilton (Foto: depositphotos)

Apesar de serem desconfiados com estranhos, os cães da raça chihuahua são ótimos amigos. Têm uma relação muito afetuosa com outros cães e, principalmente, com seus donos.

Mesmo com um tamanho pequeno, esses peludinhos conseguem ter um coração enorme e cheio de amor para com seus tutores, a quem eles não negam um carinho a mais. Ganharam ainda mais fama após se tornarem os preferidos da socialite Paris Hilton.

3. Pug

Cachorro da raça pug

Os pugs são silenciosos, mas adoram uma folia com os tutores (Foto: depositphotos)

Conhecidos pela energia espetacular, os pugs são cãezinhos incansáveis. Costumam acompanhar os donos para todo lugar da casa, mesmo sem terem sido convidados. Por essa razão, é possível afirmar que esses peludinhos adoram um afago e um colo.

Além disso, são bastante silenciosos, não estranham pessoas desconhecidas e nem outros animais de estimação. Em outras palavras, o pug é o “amigão” de todos.

4. Lhasa apso

Cachorro da raça lhasa apso

Esse cão é calmo, protetor e carinhoso com todos da família (Foto: depositphotos)

A aparência sofisticada e o porte pequeno do lhasa apso faz desse cãozinho um querido entre as pessoas. A fama desse pet ganha ainda mais força com relação a tranquilidade em ficar no colo. 

Geralmente é um cachorro calmo, protetor e carinhoso com todos da família. A relação com pessoas estranhas é cuidadosa, sendo reservado com visitas. Além disso, não é o típico cão ativo.

Veja também20 raças de cachorros mais peludos que existem

5. Maltês

Cachorro da raça maltês

O maltês é amoroso e companheiro de seus donos (Foto: depositphotos)

Os cães da raça maltês são bem amorosos e companheiros de seus donos, por essas razões adoram estar bem próximos aos tutores. Têm uma personalidade inocente, mas ao mesmo tempo são bastante brincalhões. Apesar disso, pode ser reservado com alguns estranhos, mas com os donos a festa é garantida. Além disso, o maltês é carinhoso e sensível.

6. Shih tzu

Cachorro da raça Shih tzu

Os cães dessa raça são carinhosos e extremamente dóceis (Foto: depositphotos)

Tranquilidade é a palavra de ordem. Os cães da raça shih tzu, além de muito fofos, são carinhosos e extremamente dóceis. Adoram e não negam o colo do dono. Além disso, esses cachorros também convivem de maneira educada com outros bichinhos de estimação. Não são desconfiados com visitas estranhas e são considerados cães companheiros.

7. Bichon frisé

Cachorro da raça bichon frisé

O bichon frisé é ótimo com crianças, paciente e bem ativo (Foto: depositphotos)

Criado especificamente para servir como um cão de colo, o bichon frisé é um excelente companheiro doméstico. Ótimo com crianças, paciente e bem ativo. Esse peludo gosta de brincar, correr e saltar.

Quem tem um bichon frisé admite que o animal é responsável pela alegria de todos em casa. Isto porque é um animal esperto, se dá bem com outros bichos de estimação e até mesmo com pessoas estranhas.

8. Pequinês

Cachorro da raça pequinês

Apesar de teimoso e ciumento, o cão dessa raça é muito companheiro (Foto: depositphotos)

Os cães da raça pequinês se adaptam bem a pequenos espaços e, por isso, vão adorar viver nos braços dos tutores. Quando criados na China, receberam o apelido de “cães de manga”, pois podiam ficar escondidos nas roupas largas das cortesãs chinesas devido ao pequeno porte.

Podem ser teimosos e ciumentos, mas essas são características que podem ser moldadas com um treinamento cheio de carinho, paciência e amor.

Veja também: Os 20 cachorros mais fofos do mundo

9. Lulu da Pomerânia

Dupla de lulus da Pomerânia

O lulu da Pomerânia é auto-confiante, esperto e bem carinhoso (Foto: depositphotos)

Também chamado de spitz alemão anão, o lulu da Pomerânia é descente do grupo spitz e é o menor deles. Adora ser o centro das atenções e não dispensam um tempinho no colo do tutor.

Os cães dessa raça também apreciam brincadeiras, mas sabem respeitar as limitações dos donos. Devido a essa última característica, é uma opção ideal para pessoas idosas. O peludinho ainda é auto-confiante, esperto e bem carinhoso.

10. Pinscher

Cachorro da raça pinscher

Apesar de pequeno, o pinscher é audacioso, determinado e curioso (Foto: depositphotos)

Dentro do corpinho de, no máximo, 30 centímetros do pinscher há uma personalidade grande. Audacioso, determinado e curioso, são alguns dos aspectos mais fortes dessa raça. Mesmo com todas essas características, um cão pinscher bem adestrado pode se derreter ao aproveitar do colo do tutor. Mas é importante que ele possa se divertir sozinho por alguns períodos.

Cuidado com os cães de colo

Apesar de algumas raças terem sido criadas para viverem como cães de colo, esse tipo de atitude não deve ser influenciada pelos tutores. Isto porque, manter os cachorros no colo pode prejudicar a saúde e o bom comportamento desses animais.

Por exemplo, passar muito tempo com o pet no colo pode prejudicar as frágeis articulações dos cães de pequeno porte. Além disso, os cachorros podem se tornar ciumentos, possessivos e até mesmo agressivos com outras pessoas que tentem chegar perto dos tutores que os colocam no colo.

Veja tambémDescubra quais são as 12 raças de cachorros mais exóticas e raras

É importante dar todo o amor, carinho e cuidado que o cachorro precisa. Contudo, deve-se respeitar as condições físicas e psicológicas do animal. Cães devem ser criados como cães e só assim podem crescer saudáveis e felizes.

Sobre o autor

Avatar
Jornalista (MTB-PE: 6750), formada em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo, pela UniFavip-DeVry, escreve artigos para os mais diversos veículos. Produz um conteúdo original, é atualizada com as noções de SEO e tem versatilidade na produção dos textos.