, , , ,

Maltês – Saiba tudo sobre esta raça

Companheiro, afetuoso e brincalhão: veja as características desta raça originária da região de Malta

Para a American Kennel Club (AKC), o maltês é classificado como uma raça toy. Em outras palavras, trata-se de um cachorro de porte pequeno e que foi criado, na sua maioria, como um animal de companhia. E de fato, este pet  quando adulto apresenta 25 centímetros no máximo e pode possuir até quatro quilogramas.

Com relação a origem desta raça, é possível afirmar que há diversas versões. De acordo com o escritor especializado em animais de estimação, David Alderton, o maltês está definitivamente associado à ilha de Malta. Segundo o autor, os ancestrais deste cachorro viveram por 1.500 anos nessa localidade.

Mas, independentemente da localidade onde surgiu este animal, sabe-se que hoje ele é um dos mais queridos entre as pessoas do mundo todo. A popularidade da raça se dá graças ao temperamento tranquilo e a personalidade encantadora que possui.

Temperamento e personalidade do maltês

“Dentro dos pequenos frascos existem as melhores fragrâncias”. Quem já ouviu essa expressão vai conseguir associá-la muito bem ao temperamento do maltês. Mesmo sendo um cão de porte pequeno, ele é feliz e tem como prioridade compartilhar essa felicidade com o tutor.

O maltês é um cachorro de porte pequeno, por isso está suscetível a se machucar com mais facilidade

Este cachorro não costuma reagir bem ao ficar sozinho em casa por muito tempo (Foto: Pixabay)

É um cachorro vigilante, mas às vezes pode ser teimoso e determinado. Por esta razão que os treinamentos devem ser iniciados desde os primeiros meses de vida, aproveitando o melhor momento de aprendizagem do cãozinho.

Assim como o temperamento dessa raça pode surpreender, a personalidade também pode ser motivo de destaque neste animal. Trata-se de um cachorro corajoso, por isso tende a cuidar da família. É adaptável, gentil, brincalhão e afetuoso, sentindo necessidade de interagir por muito tempo com o tutor.

Dúvidas recorrentes

1. Quanto custa um maltês?

Os valores do maltês variam dependendo do vendedor. Contudo, a faixa de preço é entre R$ 1 mil e R$ 4 mil. Mas, é sempre importante lembrar que a compra de cães só deve ser feita após conhecer as circunstâncias nas quais se encontram as mães dos filhotes. Infelizmente, alguns canis exploram as fêmeas e deixam os animais viverem em situação desumanas. 

2. Adapta-se em apartamento?

Uma das raças ideais para morar em apartamento. Além de ser um cachorro gentil e tranquilo, o maltês é de porte pequeno. Desta maneira, não necessita de muito espaço, nem devido ao tamanho e nem pela quantidade de energia, a qual tende a ser pouca.

3. É um bom companheiro para crianças?

O maltês é um cachorro de porte pequeno, por isso está suscetível a se machucar com mais facilidade. Isto pode ocorrer, principalmente, quando o cão se envolve em brincadeiras com crianças menores. Estas situações refletem em agressividade por parte do animal ou ele mesmo sai machucado. Neste sentido, é bom companheiro apenas para crianças maiores. 

4. Maltês late muito?

De acordo com o site da AKC, esta raça só late quando necessário. Situações como excitação por brincadeiras, alegria ao ver o tutor chegar ou a proximidade de pessoas estranhas podem ser propícias para as vocalizações desse animal. No geral, é um cão silencioso.

Veja tambémQuantos filhotes pode ter um cão maltês

5. Apresenta problema ao ficar sozinho em casa?

Por apreciar muito a companhia humana, este cachorro não costuma reagir bem ao ficar sozinho em casa por muito tempo. É ideal que a casa seja bem frequentada, para que o animal não se sinta só durante nenhum horário do dia.

6. Tem tendência a soltar muito pelo?

Surpreendentemente, o maltês com toda essa pelagem exuberante não costuma soltar pelo. Segundo o órgão norte-americano de padronização de raça, o derramamento dos pelos ocorre de forma infrequente.

Comportamento do maltês

O maltês possui uma natureza muito carinhosa, por esta razão consegue estabelecer uma forte ligação com os membros da família. Caso o tutor esteja disposto, pode ensinar as crianças pequenas como tratar bem um cachorro, respeitando os limites e o espaço desse animal.

Esta raça aprende muito rapidamente, mas os treinamentos podem ser problemáticos devido ao temperamento teimoso que ela possui. Neste caso, o tutor precisa ser paciente e ter pulso firme. Maltês também possui um lado valente, mas se derrete de felicidade quando recebe atenção do tutor.

Em casa pode ficar alegre com brincadeiras, truques de aprendizagem e até mesmo ao passar um tempo ao lado do dono. Por ser pouco ativo pode preferir caminhadas rápidas nos parques.

Veja também30 ideias de nomes perfeitos para cachorros maltês

Características físicas

Cuidados específicos

Todas as raças estão predispostas a apresentarem problemas de saúde. No caso do maltês a doença mais comum está relacionada aos cílios virados. Com esta condição, o animal apresenta cílios que arranham o globo ocular e podem causar séria irritação. Nestas situações, é recomendado uma cirurgia corretiva. 

Já com relação a estética, esta raça requer cuidados diários. Isto porque a pelagem longa do maltês necessita de escovação todos os dias, uma vez que os pelos têm tendência a embaraçarem com facilidade.

Filhotes

Os filhotes de maltês precisam ser levados ao veterinário logo nos primeiros meses de vida. Além de aplicar as vacinas polivalentes, o veterinário irá recomendar remédios para eliminar vermes e outros possíveis parasitas do animal.

A socialização e adestramento devem ser etapas presentes na vida de qualquer animal, mas principalmente de um dessa raça. Na fase filhote, os cães aprendem com mais facilidade, por isso o tutor deve aproveitar este momento.

Veja também: 30 fotos de filhotes de maltês

Curiosidades desta raça

Nem sempre a cor branca foi a única possível para animais dessa raça. No passado, alguns cães podiam apresentar tons leves de alaranjado ou castanho nas orelhas. Além disso, pinturas antigas do maltês revelavam que a pelagem também mudou, o que antes era desgrenhada e ondulada, hoje é lisa e sedosa. 

Expectativa de vida: 12 a 15 anos. Podendo variar para mais ou menos, dependendo do estilo de vida que o cachorro leva.

Origem do maltês

Galeria de fotos

(Foto: Pixabay)

(Foto: depositphotos)

(Foto: depositphotos)

(Foto: depositphotos)

(Foto: depositphotos)

(Foto: depositphotos)