,

Personalidade e comportamento do yorkshire: 20 coisas a saber

Conhecer a personalidade e comportamento do yorkshire terrier é essencial para entender as necessidades dessa raça. Só assim você pode saber se o cão combina com seu estilo de vida e o da sua família.

Além disso, você também deve conhecer os cuidados que o yorkshire necessita. Preço, porte e como cuidar de um filhote dessa raça são outros  conhecimentos básicos para quem deseja ter um.

Por fim, pense se as características do pequeno cão se assemelha com sua maneira de viver. Leve em consideração seu tempo, o tamanho da sua casa e os membros da sua família. Isso porque, como bom terrier, o yorkie é teimoso, corajoso e determinado.

Personalidade e temperamento do yorkshire: 20 coisas a saber

yorkshire na grama

Como bom terrier, o yorkshire é teimoso e determinado (Foto: depositphotos)

  • Inteligente
  • Corajoso
  • Vivaz
  • Ávido
  • Companheiro
  • Alerta
  • Determinado
  • Ativo
  • Brincalhão
  • Nervoso
  • Afetuoso
  • Tenaz
  • Amigável
  • Feliz
  • Cheio de energia
  • Teimoso
  • Genioso
  • Ferrenho
  • Destemido
  • Alegre

Inteligente

Pode não estar entre os 10 cães mais inteligentes, porém é considerado por muitos especialistas como um cão de alta inteligência. Como por exemplo, para o autor do livro “Cães”, da Quarto Editora, David Alderton.

Corajoso

Coragem é outra característica básica de um cãozinho como esse. Apesar do porte pequeno, o yorkie é um verdadeiro terrier. Por essa razão, não apresenta medo de nada e enfrenta todos os desafios que encontrar pelo caminho.

Vivaz

Ainda é possível afirmar que o cachorro dessa raça tem uma vivacidade de dar inveja. Inclusive, esse aspecto pode ser percebido através do seu gosto por trotar e explorar os mais diversos ambientes.

Ávido

Para quem não sabe, ser ávido é ser ansioso, impaciente e inquieto. Assim, por ser um cão com essas características, o yorkie não é recomendado para conviver com crianças sem supervisão de um adulto.

Companheiro

Mas, mesmo não sendo uma companhia ideal para as crianças, esse cãozinho é um companheiro leal com adultos. Portanto, se você mora sozinho, esse é um cachorro espetacular para dividir a vida.

Alerta

De acordo com o PhD em medicina veterinária, Bruce Fogle, os yorkshires são cães que vivem em alerta.  “[…] ignorando o seu tamanho, são bons cães de guarda”, afirma o especialista no seu livro “Cães”, da Editora Zahar.

Determinado

Como é um cão do tipo terrier, a determinação é uma característica nata dessa raça. Mas infelizmente, esse pode ser um aspecto negativo, pois pode prejudicar os treinamentos.

Ativo

Para a American Kennel Club (AKC), mesmo sendo um cachorro pequeno, o yorkshire precisa de exercícios físicos e mentais. Nesse caso, o cãozinho pode se contentar com um passeio ao lado do tutor ou brincar de buscar a bola.

Brincalhão

Falando em brincadeira, podemos puxar o gancho para essa próxima característica do yorkie. Isto é, trata-se de um cachorro brincalhão. Contudo, o mais divertido para o animal é se divertir ao lado do tutor.

Nervoso

De acordo com Bruce Fogle, o nervosismo presente no yorkshire é um traço decorrente do cruzamento seletivo por um tamanho pequeno. No entanto, ainda segundo o PhD em medicina veterinária, ele pode ser diminuído através da socialização.

Afetuoso

Portanto, com o treinamento firme e inteligente, o yorkie sai de um cão nervoso para um cachorro afetuoso. Estar no colo do tutor é o paraíso para o cãozinho dessa raça.

Tenaz

O yorkshire terrier é um cãozinho que consegue tudo o que quer. Por isso que recebe a tenacidade como característica da sua personalidade e do comportamento que apresenta.

Amigável

Como já mencionado, mesmo sendo nervosa a raça pode se tornar afetuosa. Com estranhos pode ser reservada, inicialmente. Mas após os primeiros contatos por intermédio do tutor, torna-se um cão amigável.

Feliz

Pequenas coisas fazem desse animal um cão feliz, são elas: um passeio pelo parque, um jogo com bola e estar no colo do tutor sempre que possível.

Cheio de energia

Mesmo não sendo do tipo atlético, é um cachorro cheio de energia. Porém, isso não significa dizer que o tutor pode exagerar nos exercícios. “Um curto passeio duas vezes por dia provavelmente será o suficiente para o seu yorkie ver novas paisagens e queimar energia”, indica a AKC.

Teimoso

É comum que os cães do tipo terrier sejam teimosos. Essa característica surge devido ao fato deles conservarem o instinto e a habilidade de caçar roedores.

Genioso

Um animal genioso é aquele que pode mudar de humor com facilidade. Por isso que o yorkshire pode ser, ao mesmo tempo, um cachorro afetuoso e nervoso.

Ferrenho

Caçadora de roedores, essa raça é persistente. Enquanto não conseguir aquilo que procura, o cachorro vai continuar em busca de suas presas.

Destemido

A valentia e a coragem naturais do yorkie refletem na atitude destemida que esse cãozinho possui. Por isso, não possui medo de nada.

Alegre

Por fim, mas não menos importante, a raça tem uma personalidade alegre. E isso é retratado no comportamento feliz que a raça possui.

Outras informações e características importantes

Mesmo com todos os traços de temperamento do yorkie detalhados, é importante saber outras informações sobre a raça. Uma delas é uma dúvida que pode estar presente na maioria dos interessados no cão: Como cuidar de um yorkshire? Tanto na fase filhote, quanto na adulta e na velhice.

Além disso, outras questões podem surgir, a exemplo do peso normal para esse cão ou o que é um cachorro terrier. Afinal, esse assunto foi bastante citado anteriormente.

Yorkshire cuidados

Em primeiro lugar, você precisa saber que essa raça requer muitos cuidados, tanto estéticos como também relacionados à saúde. Por isso, esses pontos precisam ser levados em consideração antes de levar um pet assim para casa.

Por exemplo, a pelagem do yorkshire é trabalhosa e precisa de atenção diária. Além dos banhos semanais, o especialista David Alderton recomenda manter limpos os pelos ao redor dos lábios, evitando assim possíveis infecções.

Mas, além das questões estéticas, há também os pontos relacionados à saúde do animal. De acordo com a American Kennel Club, as doenças comuns nessa raça são: anomalias nos olhos e luxação da patela.

Qual o peso normal de um yorkshire?

Segundo os padrões estabelecidos pela AKC, essa raça deve ter 3 quilos no máximo. Além disso, o comprimento deve estar entre 17 a 20 centímetros. Com esses dados, o animal é considerado de porte pequeno.

Mas nem sempre foi essa realidade. Apesar de hoje em dia existirem yorkshires mini ou micro, antigamente a raça era bem maior. Até os anos de 1950, o tamanho dessa raça variou bastante, e hoje os grandes são considerados raros.

Dois yorkshire terrier

Essa raça necessita de cuidados diários com a pelagem (Foto: depositphotos)

Filhote dessa raça

O yorkshire filhote precisa de cuidados médicos logo com 45 dias de vida. É nesse período que o cão passa pelo processo de vacinação contra doenças virais, a exemplo da cinomose.

Além disso, ele também deve receber a primeira dose do vermífugo e os cuidados para o controle de parasitas externos, como carrapato e pulga.

Outro importante cuidado com um filhote de yorkshire é com relação à socialização. Esse aspecto deve ser levado em consideração para que no futuro a família possa desfrutar de um cãozinho de comportamento menos nervoso e uma personalidade mais equilibrada.

O que é um cachorro terrier?

Existem duas palavras que descrevem perfeitamente um cachorro terrier, são elas: ativos e enérgicos. Por isso, esse tipo foi criado para caçar ou matar insetos, e para proteger a família ou o território.

De acordo com artigo da AKC, os terriers são ótimos animais de estimação, mas eles precisam de um tutor determinado e firme, pois eles tendem a ser teimosos. “Possuem altos níveis de energia e exigem cuidados especiais (conhecidos como “stripping”) para manter uma aparência característica”, explica o órgão.

Yorkshire terrier preço: comprar ou adotar?

Mesmo diante de todas essas informações, pode ainda restar uma única dúvida: comprar ou adotar um yorkshire? Nesse sentido, o cão pode ser comprado em canis ou criadores independentes. O valor de um cachorro desse pode chegar até R$ 3.500. Mas é sempre bom verificar as condições que esses animais são submetidos.

A outra opção é a adoção. Como existem muitos canis clandestinos e criadores irresponsáveis, Organizações Não Governamentais (ONG’s) de proteção animal acabam resgatando cães dessa e de outras raças. Sendo assim, certifique-se em uma instituição próximo a você.

Portanto, agora que você sabe sobre personalidade e comportamento do yorkshire, fica mais fácil decidir se quer ou não um cão desse em casa. Você também está por dentro dos cuidados com o cão, o porte que ele possui e o que um filhote desse vai precisar durante a vida.

Lembre-se sempre que você vai precisar de tempo para treinar o teimoso yorkshire. Além de certas doses de paciência com esse cãozinho corajoso e determinado.

Sobre o autor

Avatar
Jornalista (MTB-PE: 6750), formada em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo, pela UniFavip-DeVry, escreve artigos para os mais diversos veículos. Produz um conteúdo original, é atualizada com as noções de SEO e tem versatilidade na produção dos textos.