Dicas de decoração de casa para donos de cães

Entre as adaptações precisam haver soluções que facilitem a limpeza do espaço e a segurança do pet

Sabe quando um bebê vai chegar e os pais, principalmente os de primeira viagem, não sabem bem ao certo qual a melhor decoração do quarto, quais móveis serão úteis e quais são os objetos perigosos para as crianças?

Pois então, da mesma forma ocorre quando o novo integrante da família é o cachorro, haja vista que eles também precisam de lugares seguros e espaços ideais para satisfazer suas necessidades.

Para conseguir isso, alguns materiais e adaptações são importantes de serem selecionados e colocados em prática, respectivamente.

A casinha de madeira no quintal ficou pequena para o amor que os pets desenvolveram em seus tutores. Atualmente, os peludos trocaram o céu aberto pelo teto da casa, o tapete da dispensa pelo sofá ou cama do dono e um espaço bem especial no coração dos seus responsáveis.

A decoração precisa atender as necessidade do pet e também sua segurança e higiene

Algumas adaptações são necessárias serem feitas quando chega um filhote em casa (Foto: depositphotos)

Assim, quando a ideia é montar a casa própria, a decoração do ambiente deve ser adaptada aos cães. Para ajudar nesse processo, separamos algumas dicas de arquitetura e interiores para a casa se tornar um lugar ideal para receber o seu melhor amigo de quatro patas.

6 importantes dicas para adaptar a casa aos cães

Escolha do piso

O piso de cerâmica também serve para refrescar os pets nos dias mais quentes

A cerâmica é a opção de piso mais segura para os cachorros (Foto: depositphotos)

A opção eleita pelos especialistas como a melhor alternativa para abrigar cães em segurança é a cerâmica.

Além de ajudar a refrescar os cachorros em épocas de clima quente, também facilita a vida dos tutores, uma vez que são mais fáceis de limpar e difíceis de serem danificadas pelos animais. Entretanto vale um alerta, como os peludos adoram correr, é bom se certificar que a cerâmica não seja escorregadia.

Veja também: Dicas para decoração de apartamento para donos de cachorros

Para quem prefere praticidade, uma boa possibilidade é o piso de concreto pintado, material que facilita a aspiração de pelos. Entretanto, pode não ser tão confortável para os pets.

Já com relação aos materiais não indicados estão a madeira, tendo em vista que os peludos podem arranhar com mais facilidade o piso, e mármore ou pedras naturais, pois a baba dos animais pode manchar.

A pintura certa

As tintas laváveis também são indicadas para casas com cachorro

Parede com tinta acetinada evita que marcas de pata fiquem na superfície (Foto: depositphotos)

Uma das coisas mais complicadas em uma casa com cachorro é deixar as paredes livres de manchas das patinhas dos animais. Isso não quer dizer que você deva pintar toda a casa com cores mais escuras que disfarçam a sujeira.

Um produto certo pode ser suficiente para livrar a pintura das marcas de patinhas. Sendo assim, uma boa opção é escolher tintas de acabamento acetinado ou semi-brilhantes, pois são mais fáceis de serem limpas.

Separe um espaço para o pet

Um ambiente com grama também pode ser um paraíso para os cães

Uma caminha ou uma almofada podem servir de ambiente de descanso para o pet (Foto: depositphotos)

Sabemos que os animais correm e brincam sem parar, mas também têm seus momentos de descanso. Por isso, separe um espaço na casa para que ele possa fazer isso de forma tranquila e decore como achar necessário.

Além disso, especialistas afirmam que um ambiente com grama pode ser um paraíso para os cães. É para essas plantinhas que os peludos recorrem quando estão com desconforto intestinal, para completar a dieta ou até mesmo para praticar seus instintos de caçador.

Veja também: Móveis para cachorros: confira modelos

Desapegue dos carpetes

Os tapetes são fáceis de remover e lavar, sendo mais indicado para uma casa com cachorros

Os carpetes devem ser substituídos por tapetes (Foto: depositphotos)

A casa fica bonita com a adição de um carpete na sala, mas para quem cria cachorro pode não ser uma boa ideia. Isso porque, esse item de decoração costuma acumular pelos e odores naturais do cão. O ideal, caso seja inevitável ter um adereço no cão, é optar por tapetes ou esteira de sisal, pois são mais fáceis de limpar.

Decorações bonitas e seguras

Entre as adaptações na decoração da casa para os cachorros, os objetos de vidro devem ser evitados

Objetos pontudos e de vidro devem ser deixados fora do alcance dos pets (Foto: depositphotos)

Os cães não param, principalmente quando eles vêem os seus tutores chegar em casa após um dia de trabalho. Esse alvoroço todo promovido pelos animais pode resultar em acidentes.

Assim, é interessante deixar as decorações de vidro em lugares de difícil acesso para o pet. Uma boa dica de item para deixar o ambiente mais bonito e seguro é a incrementação de quadros fixos nas paredes.

Decida por cores ousadas

Um ambiente colorido fica moderno e agradável para os pets

Ambientes coloridas disfarçam possíveis manchas (Foto: depositphotos)

Espaços monocromáticos, isto é, que possuem apenas uma cor, acabam deixando em evidência sujeiras e pelos indesejáveis. Uma boa saída é aproveitar as cores de forma a deixar os ambientes mais coloridos, divertidos e atrativos para os animais e também para suas visitas. De quebra você ainda consegue disfarçar manchas.

Veja também: Tapetes: conforto para os pets e decoração para os tutores

Sobre o autor

Avatar
Jornalista (MTB-PE: 6750), formada em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo, pela UniFavip-DeVry, escreve artigos para os mais diversos veículos. Produz um conteúdo original, é atualizada com as noções de SEO e tem versatilidade na produção dos textos.