,

Como tratar ferimentos nas patas do cão? Aprenda agora

De diversas maneiras, os cachorros podem machucar as patas. As feridas podem ser ocasionadas por perfurações em vidros e anzóis e objetos pontiagudos, mas também durante alguma situação em que o cão esteja entediado e desenvolve o hábito de lamber as patas até desgastar o pelo, provocando o ferimento.

Os ferimentos mais profundos precisam ter uma avaliação médica, mas os mais superficiais podem ser tratados em casa pelo próprio tutor.

Veja o passo a passo do livro Primeiros Socorros para Cães e Gatos, da autora Amy D. Shojai, para tratar ferimentos nas patas do seu pet.

Tratando ferimento nas patas dos cães

Caso o ferimento do cão seja superficial, é possível que seja tratado em casa

Os cães podem machucar as patas pisando em algum objeto pontiagudo, por exemplo (Foto: depositphotos)

Mantenha-o quieto

A maioria dos cachorros que sofre de um machucado fica bastante agitado. Por isso, talvez seja difícil você examinar o ferimento. Procure ajuda de outra pessoa para imobilizar o cão.

Se o seu animal for de pequeno porte, coloque-o em cima de um balcão. Caso ele seja grande, ajoelhe-se ao lado dele. Se quem estiver tentando imobilizar o cão seja você, coloque um braço em volta do pescoço dele e o outro no peito, começando por baixo, e traga-o para junto de você.

Você deve deixar a pata ferida no lado que estiver afastada do seu corpo. Use a mão que estiver sob o peito do animal para espichar a pata dianteira.

Se o ferimento estiver na pata traseira, segure firme o joelho do animal para esticar e estender a pata. Caso o animal se debata ou fique muito agitado e com medo, leve-o para o veterinário para que possa ser sedado.

Controle o sangramento

Se houver sangue no ferimento, mantenha a calma; mesmo os machucados mais leves costumam sangrar. Pegue um pano limpo ou uma compressa de gaze e pressione o machucado para estancar o sangramento.

Veja também: Edema na pata do cão: como devo tratar e quais cuidados devo ter

Caso a compressa fique muito molhada de sangue, não a remova, pois você poderá interferir no coágulo que está de formando. A melhor maneira é colocar uma segunda compressa em cima da primeira.

Use um curativo de pressão para sangramento prolongado

Geralmente, os sangramentos costumam parar com cinco minutos. Mas caso dure mais, coloque uma meia de algodão sobre a compressa e envolva a meia com um esparadrapo, para fazer um curativo temporário de pressão, até que você chegue ao veterinário.

Dê uma enxaguada com água fria

Caso a pata não esteja derramando muito sangue, limpe-a com água fria, de preferência embaixo de um jato forte de água. Se houve uma queimadura na pata do cão, será preciso enxaguar com água fria por, no mínimo, 20 minutos.

Lave a região atingida

Melhor do que utilizar apenas sabão na hora de lavar o ferimento é usar um sabão líquido à base de clorexidina, que irá impedir uma infecção. Você pode usar a água oxigenada 10 vol. para ajudar na limpeza da região em torno do machucado, mas não a use diretamente no machucado.

Veja também: 10 coisas que você não sabia sobre as patas de seu cachorro

Sobre o autor

Avatar
Formada em Jornalismo pela Unicap, pós-graduada em Comunicação Empresarial e Mídias Digitais pela Devry, fez intercâmbio na ETC School, em Bournemouth (UK) e tem experiência nas áreas de assessoria de comunicação, produção de vídeo e foto e redação.