Clumber spaniel

Conheça a raça clumber spaniel e saiba quais são suas características físicas, comportamentais, cuidados necessários, além de sua origem.


Acredita-se que a origem do nome do cão dessa raça tenha relação com uma lenda de Duque de Noailles, que teria fugido da França na época da revolução, com medo de que matassem seus cães. Ele tinha alguns clumbers spaniel e os levou para Inglaterra, onde ofereceu um deles como presente para o Duque de Newcastle. Esse duque começou a cria-los em terras de Nottingham, que recebia o nome de Clumber Park e, daí surgiu seu nome.

Cruzamento da raça

O cão, por sua vez, tem diversas histórias à respeito de seu surgimento, mas a mais aceitável, ainda que imprecisa, diz que a raça foi desenvolvida por meio do cruzamento de alguns cães do local. A nova raça desenvolvida foi usada para a caça de coelhos e faisões e conquistou a aristocracia. No século XIX, no entanto, a popularidade da raça diminuiu, pois foi a época em que os cães menores eram os preferidos.

Características do clumber spaniel

Físicas

Longo, baixo e com ossos pesados, o clumber spaniel é um cão de cabeça grande, sobrancelhas marcadas e orelhas largas e pesadas. A sua cauda, normalmente, em países em que cirurgias estéticas são permitidas, é encurtada. Possui pelo reto, grosso e macio, sendo longo na área do pescoço, nas extremidades, nas orelhas, na cauda e no abdômen.

Comportamentais

O clumber spaniel é bastante inteligente e obediente, além de corajoso, calmo, perseverante e calmo e, apesar de gostar muito de dormir, é bastante enérgico e divertido. Sua memória é excelente e, por isso, é fácil de treinar quando se usa dedicação, carinho, paciência e firmeza.

O cão dessa raça é ideal para famílias com crianças, pois além dele as adorar, por instinto também cuida muito bem delas. É bastante sociável com outros cães e gatos, mas é reservado diante de estranhos.

Cuidados com a saúde

É importante incentivar a atividade física, pois esse cão é bastante preguiçoso. Faça longas caminhadas diárias com eles, além de dedicar algum tempo para jogos e brincadeiras. É preciso manter uma dieta adequada, pois a raça tende a ganhar peso facilmente, e isso pode trazer problemas articulares.

Os pelos devem ser escovados várias vezes na semana, e é preciso estar atento aos olhos e ouvidos, limpando sempre para prevenir infecções. A raça, no entanto, graças a um limitado processo de reprodução, é relativamente saudável, apresentando tendência a poucos problemas de saúde, sendo comum haver a ocorrência de displasia coxofemoral e ectrópio.

Galeria de fotos


Reportar erro