, , ,

Bichon Havanês – Saiba tudo sobre esta raça

Levando em consideração a aparência do bichon havanês, é possível dizer que ele é descendente do bichon frisé. Já de acordo com o PhD em medicina veterinária e autor do livro “Cães”, Bruce Fogle, o pet pode ter tido outros antepassados.

“A raça talvez descenda do maltês dos espanhóis ou de cruzamentos entre o bolonhês e o poodle”, conta o especialista.

O bichon havanês surgiu em Cuba e é a única raça nativa desse país. Apesar disso, encontrou refúgio nos Estados Unidos após a Revolução Cubana, quando os cães deixaram de ser os “queridinhos” para a nação.

Atualmente, ocupa a 23ª posição de popularidade de acordo com os princípios estabelecidos pela American Kennel Club (AKC).

Temperamento e personalidade do bichon havanês

Com um temperamento naturalmente afetuoso, o bichon havanês é um cão ideal para fazer parte de qualquer tipo de família. A sensibilidade desse animal é outro ponto que merece destaque, o que o torna um cão devotado ao tutor, amável e, ao mesmo tempo, divertido.

Bichon havanês na grama

O bichon havanês é um cão obediente, inteligente e muito afetuoso (Foto: depositphotos)

Inteligente, a raça possui uma personalidade única. Um cachorro desse tipo é considerado “palhaço”, pois adora manter uma boa relação com as pessoas e fazê-las felizes. Além disso, estabelece uma forte ligação com os membros da família.

Dúvidas recorrentes

1. Quanto custa um bichon havanês?

Um filhote de bichon havanês pode custar entre R$ 3 mil a R$ 5 mil. No entanto, é uma raça muito difícil de ser encontrada no Brasil. Mas, é sempre importante lembrar que a compra de cães só deve ser feita após conhecer as circunstâncias nas quais se encontram as mães dos filhotes. Infelizmente, alguns canis exploram as fêmeas e deixam os animais viverem em situações desumanas. 

2. Adapta-se em apartamento?

Um cachorro desse tipo é ideal para apartamento. Além de ser um cão de porte pequeno, brincadeiras e passeios podem resolver a questão do alto nível de energia que ele possui.

3. É um bom companheiro para crianças?

De acordo com o PhD em medicina veterinária e autor do livro “Cães”, Bruce Fogle, o bichon havanês é tolerante com crianças. No site da AKC, essa informação também se confirma. Dos tutores desse cachorro, 99% acredita que eles são boas companhias para a criançada.

4. Bichon havanês late muito?

Este cão não é totalmente silencioso, mas late quando necessário. De uma maneira geral, trata-se de um animal tranquilo.

5. Apresenta problema ao ficar sozinho em casa?

O havanês é o que podemos chamar de cão sensível. Ele é altamente dedicado ao tutor e gosta de estar na companhia da família. Por esta razão, não é indicado deixar o cão sozinho em casa por muito tempo.

6. Tem tendência a soltar muito pelo?

Bichon havanês é considerado um cão hipoalérgico. Em outras palavras, é um cão ideal para quem tem alergia, uma vez que a queda de pelo da raça é infrequente.

Comportamento do bichon havanês

Em casa, essa raça pode ser ativa, gostando de brincar constantemente. Entretanto, também pode se adaptar bem ao tamanho de um apartamento. Não é um cachorro tipicamente atlético, mas aprecia passeios em parques e jogos em campos abertos.

Costuma aprender rápido e por isso o dono tem certa facilidade em adestrar o animal. Por estas características, é um cachorro que responde bem em competições de obediência. Além disso, o bichon havanês é sociável tanto com humanos como também com animais, inclusive gatos.

Características físicas

Cuidados específicos

“Como todas as raças, podem haver alguns problemas de saúde, como displasia da anca, doença ocular, luxação patelar e surdez congênita“, alerta a AKC com relação à saúde do bichon havanês. Além disso, esse cachorro também pode sofrer com fraqueza esquelética.

Um jeito de evitar problemas assim é verificando se os pais dos filhotes passaram por testes que detectassem alguma dessas doenças, como a surdez por exemplo. Já em casos de luxação patelar, uma cirurgia corretiva pode ser exigida para devolver a vida normal ao cão.

Filhotes

O filhote de bichon havanês precisa ir ao veterinário para tomar as vacinas polivalentes, evitando doenças virais como cinomose e parvovirose. Além disso, é necessário cuidar do cachorro nessa fase inicial da vida para que desde então ele não sofra com pulgas e nem carrapatos.

O adestramento, por sua vez, como já foi dito, é facilitado pela obediência e inteligência da raça. Contudo, é importante aproveitar a melhor fase para adestrar o cachorro, que é a de filhote.

Curiosidades desta raça

Esta raça pode ser encontrada de diferentes cores, mas principalmente prateador, creme, dourado, azul e preto. Além disso, o pelo desse cão é naturalmente longo, mas é recomendado cortar se o cachorro morar em lugares muito quentes. Mas caso o animal seja de exposição, a pelagem deve ser longa e bem cuidada.

Ainda com relação ao pelo do bichon havanês, vale ressaltar que se não for escovado semanalmente ou diariamente há grandes chances dele apresentar nós na pelagem. Além de ser esteticamente feio, o nó na pelagem pode causar irritação ou até dor no animal, dependendo da quantidade.

Expectativa de vida: 14 a 16 anos. Podendo variar para mais ou menos, dependendo do estilo de vida que o cachorro leva.

Origem do bichon havanês

Cuba

Galeria de fotos

(Foto: depositphotos)

(Foto: depositphotos)

(Foto: depositphotos)

(Foto: depositphotos)

(Foto: depositphotos)

(Foto: depositphotos)

Sobre o autor

Avatar
Jornalista (MTB-PE: 6750), formada em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo, pela UniFavip-DeVry, escreve artigos para os mais diversos veículos. Produz um conteúdo original, é atualizada com as noções de SEO e tem versatilidade na produção dos textos.