Cachorro latindo muito, o que fazer?

Se o seu cãozinho late muito, entenda a razão para isto estar acontecendo e tome as providências. Simples atitudes podem resolver

Quando o assunto é comportamento animal, os latidos excessivos são uma das principais queixas entre os tutores, sendo sempre acompanhados por outros problemas como xixi e cocô fora do lugar, puxadas durante o passeio e o ato de roer as coisas de casa. Para resolver o problema do cachorro latindo muito é preciso entender por quais razões o animal toma essa atitude.

“A gente tem que entender a psicologia canina, ou seja, vamos partir da base. Se o nosso cão está latindo demais a gente tem que avaliar em qual circunstância esse cão acaba latindo demais. Qual o fator que acaba fazendo com que esse cão fique latindo?”, indaga o veterinário, Arthur Ferreira.

Ainda segundo o especialista em saúde animal, em vídeo publicado no canal Dica do Veterinário, existem diversas razões pelas quais o cachorro late bastante. Alguns delas são: ficar sozinho em casa, quando chega visita, para chamar atenção etc. Para reverter esta situação, siga as dicas a seguir:

Cachorro late muito quando chega alguém

Ao chegar uma visita em casa, o cachorro pode acabar latindo muito devido o barulho da campanhia ou por ver alguém diferente. Quando isso acontecer é preciso ficar atento para seguir alguns passos dados pelo zootecnista e especialista em comportamento canino, Alexandre Rossi, mais conhecido como Dr. Pet.

Em vídeo publicado pelo Dog Chow BR, o adestrador explica que é mais eficaz entreter o animal quando a visita chegar, do que tentar acalmá-lo.

“O que as pessoas fazem de errado nessa hora é: o cachorro vai correndo, latindo na frente e a pessoa fala: ‘é visita, calma’. Acaba até estimulando, fazendo um carinho e quando a visita entra, o cachorro ainda acaba sendo recompensado porque vai ter alguém ali para ele brincar, para ele cheirar e, as vezes, até para ele brigar”, conta o profissional.

Desta forma, Dr. Pet aconselha agir de outra maneira. “A gente já pode ficar com o cachorro na guia e distrair ele com alguns petiscos antes dele começar a latir. Se não ele pode entender que ele está ganhando os petiscos porque ele está latindo. Quando tocar a campainha, ele vai estar comendo o petisco”, recomenda.

Além disso, você pode jogar alguns petiscos no chão, porque assim o cachorro não vai prestar atenção no convidado ao entrar em casa. “Sempre que o cachorro se comporta bem, você deve recompensá-lo com carinho, brinquedo ou até mesmo com algum petisco”, lembra Alexandre.

‘Meu cachorro late muito quando eu saio’

Para o veterinário Arthur Ferreira, há uma explicação para cães que latem muito após o tutor sair de casa. “O que mais desencadeia isso é o medo. O medo de ficar sozinho, a insegurança, o fato do animal ficar ansioso por estar sozinho”, explica o especialista em saúde animal.

Ainda segundo o profissional, esta insegurança pode surgir como uma consequência dos atos do dono. Geralmente, quando o tutor volta para casa, a festa de recepção é garantida por parte do cão e retribuída pelo dono. Por dar muito carinho e atenção, o animal passa a ficar ansioso pela volta do proprietário, criando expectativa que pode transparecer através dos latidos.

Para evitar esta situação, o veterinário recomenda que ao voltar para casa, o tutor não faça festa. “Entra, faz o que você tiver que fazer primeiro, guarda sua chave, troca de roupa, relaxa um pouco. Depois sim, você vai lá e brinca com o seu cão. Faz carinho nele e faz aquela festa”, aconselha.

Assim, o animal passa a entender que não é o fato de você chegar que vai trazer a felicidade. Consequentemente, o cachorro não fica mais ansioso pela sua chegada, mas vai vê-la como uma coisa natural.

Como fazer o cachorro parar de latir a toa

Outras possíveis explicações para o latido excessivo do cachorro são tédio e estresse. Estas duas situações são muito comuns na vida de cães que passam muito tempo em casa sozinhos ou que não são levados para passear. Nestes casos, o ideal é aproveitar o máximo de tempo com o animal de estimação.

Levar para passear ou correr diariamente pode ser uma solução para diminuir o estresse do cachorro, deixando-o contente. Além disso, as atividades físicas consomem muita energia dos pets, por isso eles acabam ficando cansados e ao chegarem em casa vão preferir dormir ao invés de fazer barulho.

Dar brinquedos é outra opção para sanar o problema do cachorro latindo muito. Isto porque, quando o animal está sozinho em casa fica tedioso com muita facilidade. Mas, se ele tiver com que brincar, vai gastar tempo e energia, por isso não vai nem perceber o tempo passar.

Resolver latidos na hora da refeição

Na hora da refeição também tem cachorro latindo muito. Isso acontece porque eles querem chamar a atenção e conseguir alguma comida do prato, e quase sempre conseguem pela insistência do latido.”Sempre que a gente dar o que o cão quer, quando ele faz algo que a gente não quer, a gente está treinando exatamente isso, a ele fazer tudo o que a gente não gosta”, explica Dr. Pet.

Por isso, a dica é não dar o que o cachorro está “pedindo” e sim oferecer algo que ele se incomode. Por exemplo, quando o cãozinho começar a latir, você pode borrifar um pouco de água no focinho dele, criando um desconforto. Com a constância, o animal vai relacionar o latido à água e não à comida.

“A gente pode deixar no início o spray bem visível para o cachorro. Dessa forma, ele vai olhar para o spray e vai lembrar que ele não pode latir enquanto a gente estiver comendo”, justifica o especialista em comportamento animal.

Outra dica para colocar em prática no momento da refeição é dar ao cachorro, antes dele começar a latir, um ossinho. Enquanto você come, o animal está entretido com uma atividade que ele gosta: comer o osso.

Coleira para cachorro que late muito

Cachorro latindo muito é um problema não só para o tutor, mas também para os vizinhos, principalmente para quem mora em apartamento. Por isso, se o caso for muito urgente e não seja possível um treinamento de imediato, você pode comprar materiais para ajudar a diminuir o barulho provocado pelo seu cão.

Florais de Bach para cães que latem muito

Um exemplo de produto muito comercializado é a coleira anti-latido. Este artigo pode ser encontrado em muitas lojas online ou em pet shops físicos. Mas, antes de comprar, é importante ficar atento ao tipo de coleira, pois existem modelos diferentes.

Algumas delas são programadas para darem choque no animal quando ele late. Outras, porém, são mais sutis e emitem um som que causam um incômodo auditivo no petapós os latidos. Aos poucos o cachorro latindo muito passa a associar esta ação ao transtorno. Consequentemente, diminui o barulho.