, , ,

Como devo cuidar de um cachorro da raça Labrador?

A raça labrador retriever é uma das mais queridas do Brasil e considerada a mais popular do mundo, por diversos especialistas. Por isso, o questionamento “Como devo cuidar de um cachorro da raça labrador?” pode ser muito comum.

Saber os traços físicos, comportamentais e temperamentais desse cão pode ajudar o tutor a prolongar a vida útil do pet. Além disso, é importante ficar por dentro dos problemas comuns de saúde que afetam o labrador.

Como cuidar de um labrador?

Assim como em qualquer outra raça, o labrador precisa ter uma nutrição balanceada. Além disso, é importante manter as vacinações e visitas veterinárias regulares. Só assim o cachorro pode até passar a expectativa de vida, que segundo a American Kennel Club (AKC) é de 10 a 12 anos..

Além dos cuidados com a alimentação do labrador, é importante ministrar vacinas e fazer visitar ao veterinário regularmente

O labrador retriever é um cão de porte grande que precisa ter uma alimentação balanceada (Foto: depositphotos)

Características físicas

O labrador retriever é um cão de porte grande, pois ele tem uma altura que varia de 55 a 62 centímetros e um peso entre 25 e 32 quilos. Já o pelo da raça é curto e grosso, oferendo ao cachorro uma impermeabilidade.

Contudo, os cuidados com a pelagem requerem um esforço médio do tutor. Isso acontece porque o cão apresenta uma tendência forte de perder pelos. 

Por esta razão, é recomendado escovações diárias na pelagem, diminuindo as sujeiras e a queda de pelos. Banhos semanais ou quinzenais são mais indicados.

Veja tambémLabrador retriever – Saiba tudo sobre esta raça

Comportamento

De acordo com o PhD em medicina veterinária e autor do livro “Cães”, Bruce Fogle, o labrador pode ser considerado travesso. “Apesar de não ter rancor, malícia ou índole vingativa, pode fazer muita bagunça“, afirma o especialista.

Para controlar esse aspecto do cachorro, o tutor deve investir em adestramento desde cedo. O cão dessa raça é fácil de ser treinado, pois é inteligente e obediente.

“Relata-se que o labrador amarelo é confiável com estranhos e extremamente submisso ao treino de obediência, mas não é tão afável quanto o parente preto”, explica Bruce Fogle em seu livro.

Outro comportamento do labrador que precisa ter atenção do dono é o apetite voraz. É preciso controlar as refeições, para evitar sobrepeso do cão.

Além desses aspectos, o cão pode puxar a guia durante os passeios ou se jogar em qualquer água que encontrar. Em ambas as situações, o tutor precisa estar atento e reprimir quando for o caso.

Por fim, quem se interessa por um cão desse tipo precisa estar ciente que ele gosta de exercícios. Correr, nadar e brincar são atividades que o faz muito feliz. Casas com ambientes abertos são ambientes mais apropriados para criar um labrador.

Problemas de saúde

O labrador é um cão brincalhão e bagunceiro, sendo necessário o adestramento desde cedo

Doença oculares são comuns nessa raça, por isso vale investir na prevenção (Foto: depositphotos)

Ainda segundo a AKC, a displasia do quadril e do cotovelo, doença ocular e colapso induzido pelo exercício podem ser problemas de saúde comuns em um labrador.

Veja também30 nomes que combinam com cachorros da raça labrador

Outra doença possível no cachorro dessa raça é a obesidade, principalmente com a idade. “Os cães usados na criação devem ser examinados para verificar sinais de atrofia progressiva da retina (APR) e catarata hereditária”, comenta o o veterinário Bruce.

Temperamento e personalidade

Quem já teve contato com um labrador sabe que a raça é bem brincalhona. Isso acontece porque a juventude nesse cão dura muito tempo. Geralmente, o pet desse tipo só amadurece emocionalmente entre os dois ou três anos de idade.

Durante todo esse período de amadurecimento, o cachorro precisa de disciplina. Uma boa dica, por exemplo, é evitar que o cão se torne superexcitado nas brincadeiras. Dessa forma, o cão cresce equilibrado, carinhoso e comportado.

Principais características do labrador

A raça é uma das mais leais e amigas do mundo canino

O labrador é ativo, gosta de exercícios e precisa de lugar amplo para correr e brincar (Foto: depositphotos)

O labrador tem uma personalidade ativa, alegre e leal. E um temperamento sociável. São essas características responsáveis pela popularidade da raça, usada inclusive para diversas finalidades.

No início era utilizado como um cão de caça. Atualmente é um animal de companhia. Porém, não são essas as únicas funções do labrador na sociedade. A raça é perita na busca e resgate de vítimas em avalanches e outras situações.

Labrador também serve como cão-guia para cegos e é muito visto como um cão de terapia. Por isso, é um cachorro que está sempre presente em hospitais de câncer.

Além de todas essas funções, o porte bonito e o temperamento amigável, o labrador ficou ainda mais famoso após o sucesso do filme “Marley e Eu”. Na obra cinematográfica inspirada no livro de mesmo nome, a raça é retratada por um cão brincalhão e com uma energia inesgotável.

Veja também: Pesquisadores revelam possíveis motivos que levam labradores a engordar

Para desfrutar de toda a animação dessa raça, é preciso saber como cuidar de um cão labrador. Prolongando a expectativa do cachorro e dando-lhe a oportunidade de desfrutar de uma vida tranquila.

Sobre o autor

Avatar
Jornalista (MTB-PE: 6750), formada em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo, pela UniFavip-DeVry, escreve artigos para os mais diversos veículos. Produz um conteúdo original, é atualizada com as noções de SEO e tem versatilidade na produção dos textos.