, , ,

Samoieda – Saiba tudo sobre essa raça

O samoieda ou samoiedo é conhecido como o cão de trenó sorridente. Essa fama surgiu devido a dois fatores: primeiro, pela função desempenhada por essa raça, e o segundo, com relação a aparência sorridente que o cachorro possui quando está atento.

Com uma estrutura corporal forte e um pelo surpreendentemente bonito, o cachorro ganhou fama por todos os lugares do mundo. Entretanto, devido a pelagem abundante torna-se um cão ideal para ambientes mais frios. Regiões de climas quentes não são recomendadas para criar um samoieda.

Se você é um dos apaixonados por essa raça, acompanhe todas as informações desse artigo. Aqui você vai descobrir como são o temperamento, a personalidade e o comportamento do samoieda. Além disso, vai ficar por dentro dos cuidados de saúde que esse cão necessita desde a fase filhote.

Temperamento e personalidade do samoieda

Com uma natureza amigável, o cão dessa raça age de forma a agradar todos que o cercam. O samoieda passou de um cão puxador de trenó para um cão de companhia muito querido.

Samoeida no campo

Essa raça é naturalmente amigável, meiga e delicada (Foto: depositphotos)

Determinada e ao mesmo tempo delicada, a personalidade é um dos pontos fortes da raça. Desde a sua origem, o samoiedo demonstrou ser um cachorro gentil, meigo e um pouco ansioso.

Dúvidas recorrentes

1. Quanto custa um samoieda?

Os valores de um cão dessa raça pode variar. Geralmente, um filhote de samoieda pode custar de R$ 2.500 até R$ 7 mil. Mas, é sempre importante lembrar que a compra de cães só deve ser feita após conhecer as circunstâncias nas quais se encontram as mães dos filhotes. Infelizmente, alguns canis exploram as fêmeas e deixam os animais viverem em situações desumanas. 

2. Adapta-se em apartamento?

Um apartamento é pequeno para atender as necessidades de exercícios que esse cachorro possui. Por isso, para que um samoieda cresça feliz é preciso criá-lo em casas com grandes espaços abertos.

3. É um bom companheiro para crianças?

Crianças geralmente adoram o samoieda, seja pelo jeito meigo de ser ou devido à pelagem do cachorro que chama a atenção. Sendo assim, essa raça tem um “jeitinho” com os pequenos.

4. Samoieda late muito?

De acordo com as informações da American Kennel Club (AKC), o cão desse tipo só late quando é necessário. 

5. Apresenta problema ao ficar sozinho em casa?

Entre ficar sozinho ou com suas pessoas preferidas, o samoieda prefere estar rodeado da família. Caso fique muito tempo só e de forma constante, a raça pode apresentar problemas comportamentais.

6. Tem tendência a soltar muito pelo?

Pelagem é sempre um desafio para tutores desse animal. Além de cair muito pelo, a raça ainda precisa de escovações semanais para desembaraçar os fios.

Comportamento do samoieda

Essa raça é ativa e precisa de exercícios físicos diários, caso contrário o cão fica entediado e passa a roer e destruir coisas da casa. Oferecer caminhadas e jogos a um animal desse tipo é imprescindível.

Em contrapartida, se dá bem com outros cães e é o que pode-se chamar de cachorro sociável. Outra característica desse animal é que ele gosta muito de comer e, por isso, é preciso ficar atento para que ele não engorde ou fique um cão obeso.

Características físicas

Cuidados específicos

Displasia do quadril, problema cardíaco e doença ocular são algumas das enfermidades que podem atingir um samoieda, segundo as informações da AKC. Além desses três problemas, o cachorro dessa raça também é vulnerável à diabetes mellitus.

Um outro cuidado importante que precisa ser levado em consideração é com relação ao ambiente onde esse animal vai ser criado. Por possuir muito pelo, o cão não é tolerante ao calor e pode sofrer muito em regiões com temperaturas altas.

Deixar água fresca para o cão é um das dicas que ajuda a melhorar a vida de um cachorro como esse. Além disso, a casa precisa oferecer um clima agradável e nada de passear com o cãozinho em horários em que há maior incidência solar.

Filhotes

Filhotes de samoieda precisam tomar as vacinas polivalentes sob a prescrição médica. Desta forma, o tutor protege o cachorrinho contra doenças virais sérias, a exemplo da cinomose e parvovirose.

Remédios de verme e produtos que impedem a ação do carrapato e das pulgas também precisam ser administrados, favorecendo a saúde do filhote. Consultar um médico veterinário pode ajudar nessas tarefas.

Além disso, é importante investir em socialização desde cedo, tanto com pessoas desconhecidas como também outros animais de estimação. Sem falar, é claro, da necessidade de adestramento, criando um samoiedo comportado e obediente.

Curiosidades dessa raça

O nome dessa raça é uma homenagem à tribo Samoieda, localizada no norte da Sibéria, onde esse cachorro se desenvolveu. Entretanto, os cãezinhos desse tipo também podem ser chamados por samoyedskaya.

Já com relação ao físico desses animais, vale ressaltar a presença de uma juba em volta do pescoço dos machos, que é consideravelmente maior do que das fêmeas. Essa característica contribui para que esse cão seja uma das raças mais peludas que existem.

Expectativa de vida: 12 a 14 anos. Podendo variar para mais ou menos, dependendo do estilo de vida que o cachorro leva.

Origem do samoieda

Sibéria

Galeria de fotos

(Foto: depositphotos)

(Foto: depositphotos)

(Foto: depositphotos)

(Foto: depositphotos)

(Foto: depositphotos)

(Foto: depositphotos)

(Foto: depositphotos)

(Foto: depositphotos)

Sobre o autor

Avatar
Jornalista (MTB-PE: 6750), formada em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo, pela UniFavip-DeVry, escreve artigos para os mais diversos veículos. Produz um conteúdo original, é atualizada com as noções de SEO e tem versatilidade na produção dos textos.