, ,

Rhodesian ridgeback – Saiba tudo sobre esta raça

O cão desta raça possui um temperamento calmo e tranquilo, principalmente com as pessoas da família

Rhodesian ridgeback é um cachorro grande, musculoso e pode ser chamado de leão da Rodésia. De acordo com as informações da American Kennel Club (AKC), a raça pode ter até 68 centímetros e pesar até 38 quilos. Criado na África do Sul por fazendeiros, o cão era utilizado para caçar animais selvagens. 

Mas, além de caçador, o cachorro desta raça era utilizado para proteger a família. Nesse sentido, é um cão que sempre viveu na companhia do tutor. Atualmente, ainda é colocado como cão de guarda, porém também apresenta-se em competições de raça e é um excelente cão de companhia.

Temperamento e personalidade do rhodesian ridgeback

O cão da raça rhodesian ridgeback possui um temperamento calmo e tranquilo, principalmente quando está com as pessoas da família. É afetuosamente carinhoso, mas também pode ser classificado como um cachorro independente e reservado com estranhos.

Rhodesian ridgeback é independente e, por isso, pode ser um pouco dominador

Esse cão tem o porte musculoso e é um exímio caçador (Foto: depositphotos)

Inteligente, companheiro e paciente são outras características da personalidade de um cão como esse. Se treinado corretamente e com um dono experiente, torna-se um cachorro obediente, leal e agradável. Caso contrário pode ser dominante.

Dúvidas recorrentes

1. Quanto custa um rhodesian ridgeback?

Um filhote de rhodesian ridgeback pode custar de R$ 1.500 até R$ 4 mil. O valor pode variar de acordo com o criador e com a localidade. Mas, é sempre importante lembrar que a compra de cães só deve ser feita após conhecer as circunstâncias nas quais se encontram as mães dos filhotes. Infelizmente, alguns canis exploram as fêmeas e deixam os animais viverem em situação desumanas. 

2. Adapta-se em apartamento?

Além de ter um porte grande, o cachorro desta raça precisa ser criado em lugares espaçosos para liberar a energia que possui. Por esta razão, não é indicado para morar em apartamento.

3. É um bom companheiro para crianças?

De acordo com a AKC, rhodesian é um excelente companheiro para as crianças. Isto porque é um cachorro extremamente protetor e paciente, por isso não machucaria os pequenos.

4. Rhodesian ridgeback late muito?

Ainda levando em consideração as informações do órgão norte-americano, a raça é calma e silenciosa, por isso não late muito. As vocalizações só surgem quando necessárias.

Veja também: Cães de guarda – Principais raças para proteção

5. Apresenta problema ao ficar sozinho em casa?

Segundo a Kennel Club, é possível dizer que eles são cães ‘pessoas’, pois gostam de estar onde o tutor e a família estiver. Dessa maneira, não gostam de ficar sozinhos em casa por muito tempo. 

6. Tem tendência a soltar muito pelo?

A pelagem desta raça é simples e não precisa de muitos cuidados, pois os pelos não tendem a cair com muita frequência. Escovações semanais são suficientes para diminuir o derramamento do casaco deste pet.

Comportamento do rhodesian ridgeback

O comportamento do rhodesian ridgeback é atlético, pois o cão é rápido, forte e tem energia para ser gasta durante o dia. Caminhadas, corridas e brincadeiras são algumas das atividades mais apreciadas por um cachorro desta raça.

Exercícios e socialização são importantes. Isto porque a raça apresenta dificuldade em ser adestrada, precisando de um tutor com pulso firme e experiente em criar animais de estimação. Para um iniciante, o rhodesian não é indicado.

Características físicas

Cuidados específicos

Displasia do quadril, tireoidite auto-imune e doença ocular são as doenças mais comuns que afetam o organismo de cães da raça rhodesian ridgeback. Para a Amercian Kennel Club, o tutor precisa ter confiança no criador antes de comprar um cãozinho.

“Os bons criadores utilizam testes genéticos de seu estoque de reprodução para reduzir a probabilidade de doença em seus cachorros”, alerta a AKC.

Veja também: Raças de cachorros que possuem pelo curto

Filhotes

Os filhotes de rhodesian ridgeback podem apresentar cinomose, parvovirose e outras viroses. Essa situação pode ocorrer porque na fase inicial da vida os cães não possuem o sistema imunológico completo. Para evitar esses problemas o tutor deve entrar em contato com o veterinário e investir em vacinas polivalentes que protegem os cães de certos vírus.

Aproveitar a fase filhote para iniciar o adestramento é uma atitude inteligente do tutor, uma vez que neste período o cachorro aceita com mais facilidade os comandos.

Curiosidades desta raça

O rhodesian ridgeback possui uma crista de pelo no dorso. A pelagem nessa parte do corpo do animal cresce para frente, por isso acaba se destacando e ficando visível. Trata-se de uma peculiaridade desta raça.

Para criar o animal com as características do rhodesian, os fazendeiros combinaram raças como: danes, mastiffs, greyhounds, bloodhounds, terriers e outros exemplares mais selvagens.

Veja também: Lambida do cachorro pode conter bactérias perigosas para à saúde humana

A apresentadora da Rede Record, Ana Hickmann, é uma grande fã desta raça. Além de apaixonada, a loira é dona de um canil de rhodesian ridgeback. Inclusive, cães de Ana já passaram por competições de exposição e ganharam em primeiro lugar.

Expectativa de vida: 10 a 12 anos. Podendo variar para mais ou menos, dependendo do estilo de vida que o cachorro leva.

Origem do rhodesian ridgeback

 

Galeria de fotos

(Foto: depositphotos)

(Foto: depositphotos)

(Foto: depositphotos)

(Foto: depositphotos)

(Foto: depositphotos)

(Foto: depositphotos)

Sobre o autor

Avatar
Jornalista (MTB-PE: 6750), formada em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo, pela UniFavip-DeVry, escreve artigos para os mais diversos veículos. Produz um conteúdo original, é atualizada com as noções de SEO e tem versatilidade na produção dos textos.