, , , ,

Poodle – Saiba tudo sobre esta raça

Existem variações da raça poodle e cada uma possui características diferentes de temperamento

De acordo com um levantamento feito com os 108 mil cães cadastrados na base de clientes da DogHero – plataforma digital que oferece hospedagem domiciliar para cachorro -, o poodle é o quarto cão mais popular no Brasil. Mas, o que será que faz desse animal uma raça tão querida para os brasileiros?

Segundo a American Kennel Club (AKC), esta é uma raça muito ativa, mas ao mesmo tempo gosta de agradar os tutores. Essas características devem ser algumas das que explicam o porquê desse pet ser muito popular.

Temperamento e personalidade do poodle

Vale ressaltar que existem tipos de poodle e cada um possui características diferentes com relação ao temperamento e personalidade. De uma maneira geral este cão é inteligente, ativo, de fácil treinamento e orgulhoso.

Excelente companheiro para toda família, o poodle se dá bem com crianças e até idosos

Todos os padrões de poodle vivem em alerta e adoram brincadeiras (Foto: depositphotos)

Contudo, as variações desta raça podem ter aspectos mais destacáveis. Por exemplo, de acordo com o livro “Cães – Guia de Raças”, de Chas Newkey-Burden, o poodle médio é o mais esperto, obediente e cheio de energia. Adora correr, nadar e de interagir com outros animais de estimação.

Ainda segundo esta obra, o poodle anão é brincalhão e vivaz. Tem tendência a afeiçoar-se a uma pessoa da família, sendo leal e sensível a esta. Além de tudo é dócil e obediente, sendo uma excelente opção para famílias com crianças.

Há ainda o poodle toy que apesar do tamanho reduzido é o mais autoconfiante de todos. É mais agitado e, se não passar por uma boa socialização e disciplina, pode se tornar um cão nervoso e imprevisível.

Além destes três tipos de poodle já citados, há ainda duas variações que são mais raras, são elas: o poodle standartd, um animal inteligente, bondoso e submisso ao adestramento; e o poodle encordoado, que possui características ideais para servir como cão de companhia.

Dúvidas recorrentes

1. Quanto custa um poodle?

Por ser muito comum no Brasil, pode-se imaginar que esse é um cachorro relativamente barato. Porém, em canis o preço do cachorro dessa raça pode chegar até R$ 4 mil. 

Mas, é sempre importante lembrar que a compra de cães só deve ser feita após conhecer as circunstâncias nas quais se encontram as mães dos filhotes. Infelizmente, alguns canis exploram as fêmeas e deixam os animais viverem em situação desumanas.

2. Adapta-se em apartamento?

Trata-se de um cachorro de porte pequeno ou médio e por isso não ocupa tanto espaço em casa. Além disso, é um cão que se adapta facilmente em qualquer ambiente. 

3. É um bom companheiro para crianças?

Excelente companheiro para toda família, este cão se dá bem com crianças e até idosos. Apesar de brincalhão, o poodle vai saber dosar as atividades dependendo de quem esteja dividindo o tempo com ele.

4. Poodle late muito?

Esta raça pode estranhar pessoas desconhecidas e, consequentemente, latir em excesso. Contudo, esta característica pode ser controlada com um bom treino logo nos primeiros momentos que o animal chegar em casa.

Veja também: Quantos cães filhotes pode ter um poodle?

5. Apresenta problema ao ficar sozinho em casa?

Este é um cachorro muito carinhoso e próximo da famílias, por isso não é recomendado deixá-lo sozinho em casa por muito tempo. Caso contrário o animal pode ficar demasiadamente triste ou com um comportamento inadequado.

6. Tem tendência a soltar muito pelo?

Por não soltar muito pelo, essa raça é indicada para quem sofre de alergias. Mesmo assim, é importante que o tutor fique atento ao pelo deste animal, que requer cuidados como tosas regulares.

Comportamento do poodle

Todos os padrões de poodle vivem em alerta e adoram brincadeiras. É claro que o tutor vai precisar passear com seu animal de estimação, até mesmo com um poodle toy que não necessita de tanto exercícios. Porém, vale ressaltar que com os demais animais desta raça, o dono consiga tempo para brincar.

Cães desta raça gostam de se manter ocupados, por isso é interessante oferecer a esses animais oportunidades de exercitarem não só o físico como também a mente. Brincadeiras ao ar livre ou jogos que trabalhem o cérebro desses pets são opções ideais para esses cachorros.

Características físicas

Cuidados específicos

O poodle standard é um padrão bem saudável desta raça, sendo comum um único problema de saúde que é a adenite sebácea, muitas vezes confundidas com alergias. Contudo, de forma rara, outras doenças podem atingir este animal como:dilatação gástrica, displasia coxofemoral e muitos tipos de câncer.

Já os demais padrões desta raça podem sofrer, muito comumente, de doenças nos olhos a exemplo da atrofia progressiva da retina (APR) e catarata hereditária. Além disso, epilepsia, luxação na patela e problemas cardíacos são outros problemas comuns de saúde do poodle.

Filhotes

Quando filhote, o poodle pode ser ainda mais agitado. Desta forma, pode depositar toda a energia em atividades impróprias como morder sandálias, destruir os móveis etc. Portanto, se o tutor não deseja sofrer com essas situações, é importante redirecionar esta energia do cachorro para exercícios positivos.

Veja também: 50 nomes para poodle fêmea

Curiosidades desta raça

O poodle é chamado de cachorro hipoalergênico, tendo em vista que ele não solta muito pelo e é ideal para pessoas que possuem alergia, mas mesmo assim querem ter um animal de estimação.

Mas, apesar de não soltar muito pelo, esta raça necessita de tosas a cada quatro ou oito semanas. Existem diversos tipos de tosa, entre elas a leão, tosa de filhote e a tosa carneirinho. 

Expectativa de vida: 10 a 18 anos. Podendo variar para mais ou menos, dependendo do estilo de vida que o cachorro leva.

Veja também: Curiosidades sobre o poodle

Origem do poodle

Galeria de fotos

(Foto: depositphotos)

(Foto: depositphotos)

(Foto: depositphotos)

(Foto: depositphotos)

(Foto: depositphotos)

Sobre o autor

Avatar
Jornalista (MTB-PE: 6750), formada em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo, pela UniFavip-DeVry, escreve artigos para os mais diversos veículos. Produz um conteúdo original, é atualizada com as noções de SEO e tem versatilidade na produção dos textos.