Cuidados com os banhos nos pet shops

Dar banho no cachorro em pet shop é muito cômodo, mas são necessários alguns cuidados com os banhos e tosas nesses locais. Confira.


É muito prático levar os cães para tomar banho em pet shops e vê-los voltar para casa cheirosos, limpos e tosados, mas existem alguns cuidados que devem ser tomados antes de deixar o seu cão nesses locais. Diante da morte de um cachorro de nove meses da raça shih tzu em um petshop em Orlândia, começou-se a discutir mais abertamente o assunto e fiscalizar mais o local antes de mandar o pet para o banho.

A fiscalização e regulamentação, normalmente, segundo a veterinária Dayse Ribeiro de Oliveira, é feita apenas quando o local é aberto. Atualmente, é bastante simples fazer um curso de banho e tosa, mas ainda que haja fiscalização, não existe nada em torno da fiscalização do trato dos animais.

Quais são os cuidados?

Tempo

O ambiente de um pet shop é naturalmente estressante para o cão, pois trata-se de um local estranho com cheiros de outros animais e muitos barulhos. Isso dá o primeiro cuidado: não deixá-los nesses locais por muito tempo. Marque horários para deixar e buscar os animais para que não estejam expostos por muito tempo ao estresse.

Cuidados com os banhos nos pet shops

Foto: Pixabay

Higiene

Antes de deixar o seu bicho no local, visite o espaço e busque referências com outros donos de cães. Veja se o ambiente é limpo e pergunte como é feito o procedimento: qual shampoo utilizam, como o pet é imobilizado para o banho, entre outros detalhes. O ambiente deve ter pisos e paredes claras e ambos devem estar limpos. Consulte também o registro do local no Conselho Regional de Medicina Veterinária.

Ambiente visível

Analise se o ambiente é visível para o dono do pet enquanto o cão toma banho. Evite locais escondidos e dê preferência aos que tenham salas de banho e tosa com paredes de vidro.

Comportamento

Se você cuidou da higiene e marcou horário, mas ainda assim reparou que seu cão voltou incomodado, apavorado e até mesmo agressivo ao voltar ao local, procure mudar de pet shop. Esteja atento também ao seu comportamento quando sai do banho: se estiver amuado, triste e amedrontado, procure outro local para levar o seu cão.

Tosa

Quando o cachorro voltar do banho, observe sua pele e procure por pequenos cortes e vermelhões que podem ter sido feitos durante a tosa. Caso isso tenha ocorrido, procure o local e peça tratamento e reembolso, pois os erros, segundo o veterinário Carlos César, devem ser totalmente de responsabilidade do pet shop.

Pulgas e carrapatos

Da mesma forma que com a tosa, observe por todo o animal se ele não voltou com carrapatos e pulgas, pois as infestações devem ser tratadas e são de total responsabilidade do pet shop.


Reportar erro