Cães suam pela língua?

Será que é verdade que os cães suam pela língua quando estão “arfando”? Confira a resposta e saiba os cuidados necessários nos dias de calor.


Você já deve ter reparado que os cães, depois de atividades físicas mais intensas, ou ainda em dias mais calorosos, colocam a língua para fora e ficam com o famoso “arf-arf”. Essa ação, inclusive, é extremamente comum e todo mundo já deve ter visto o cãozinho fazendo isso. É comum ouvirmos por aí que essa é a forma dos cães suarem, mas será que isso é realmente verdade? Vem conferir!

O suor dos cães

Os cães, na realidade, somente podem suar por meio das “almofadinhas” das suas patas. É por lá que ele elimina o suor e é somente lá que encontram-se as suas glândulas de suor, ao contrário de nós, humanos, que as temos por todo o corpo. Isso ocorre da mesma forma que com os gatos. Mas estão o que será aquele barulhinho que fazem com a língua para fora?

Por que colocam a língua para fora?

Bem, agora que descobrimos que a linguinha dos cães para fora não tem nada a ver com o suor, como muitos acreditam, vamos entender porque fazem isso.

O “arf-arf” tão comum em dias de calor, tanto em cachorros como em gatos, nada mais é do que uma forma de realizar a troca de ar quente pelo ar frio, facilitando e acelerando o resfriamento do corpo. Ou seja, essa é somente uma forma auxiliar de manutenção da temperatura do corpo.

Cães suam pela língua?

Foto: Pixabay

Quais cães tem mais dificuldades?

Você já deve ter reparado que alguns cachorros têm menor tolerância ao calor, não é mesmo? Isso ocorre porque eles têm uma dificuldade maior em manter o ar frio inspirado, como é o caso dos pugs e dos buldogues. Por terem focinho curto, não conseguem respirar e resfriar o corpo da mesma forma como outros cães. Por isso, eles merecem uma atenção especial em dias de calor.

Cuidados necessários

Procure levar os cães para passear em horários mais frescos do dia, e sempre caminhando pela sombra. Essa dica é bastante válida para os cães de focinho curto, mas também valem para qualquer pet, pois suas patinhas são bastante sensíveis e podem queimar os coxins, que é como chamamos aquelas “almofadinhas” fofas que eles tem nas patas.

Lembre-se também de, ao notar que ele está “arfando”, parar em uma sombra e dar um tempo para ele descansar. Ofereça água fresca e molhe a sua cabeça nos dias mais calorosos. Essa dica também é válida para todos os cães, independentemente de raça, pois todos devem descansar e manter-se hidratados, principalmente em dias de calor.


Reportar erro