Monte uma maleta de primeiros socorros para cães

Qualquer problema que seja, a atuação do tutor de forma imediata pode ser a diferença entre algo simples ou um quadro clínico mais sério no animal


Os cães estão sempre sujeitos a acidentes, mesmo quando eles estão dentro de casa. Os responsáveis por estas situações são os instintos de aventura e curiosidade que quase todo cachorro tem. Desta forma, é importante que o tutor fique atento a todos os passos que o pet dá, pois assim fica mais fácil evitar acidente com o pet ou então ajudá-lo quando for necessário.

Inclusive, uma das formas de ajudar o animal é tendo em casa um kit de primeiros socorros que pode ser usado sempre que o peludo aprontar alguma e acabar se dando mal. Seja um ferimento, mordida, queimadura superficial ou qualquer outro problema, a atuação do tutor de forma imediata pode ser a diferença entre algo simples ou um quadro clínico mais sério. Todavia, é importante lembrar que os primeiros socorros não substituem a avaliação de um veterinário, sendo assim, se a situação pede a atuação de um profissional não hesite em levar seu meu melhor amigo.

O que deve conter no kit?

What to Pack a Pet First-Aid Kit

What to Pack a Pet First-Aid Kit

Elementos básicos podem ser bem úteis em procedimentos imediatos nos cães. A dica geral para os tutores é sempre checar a maleta de primeiros socorros para não correr o risco de precisar e não ter, ou quando for usar determinado produto ele esteja vencido. Assim, confira o kit periodicamente para evitar esses transtornos. Com relação aos elementos que devem compor o kit, são eles:

  • Focinheira: Muitas pessoas têm aversão a esse objeto, por acharem que podem machucar ou dificultar a respiração dos cães. Na verdade, existem vários modelos deste acessório e com certeza um vai ser perfeito para o seu animal. A focinheira se faz necessária nesses casos, pois mesmo que o cachorro seja dócil ele poderá ficar exaltado com o ferimento. Assim, é melhor prevenir que ele se machuque ainda mais ou acabe mordendo você. Portanto, antes de qualquer procedimento, coloque a focinheira no peludo.
  • Soro fisiológico: Essencial para limpar ferimentos, mesmo que estes não estejam infeccionados. Além disso, é muito útil quando o machucado está sangrando, uma vez que permite que o socorrista veja a gravidade do problema ao lavar a região. Este é um produto que pode ficar vencido se não utilizado em um determinado período, sendo assim, verifique sempre para não ocorrer dificuldades no momento do uso.
  • Gazes: Além de auxiliar na limpeza de um local afetado, a gaze também é útil para estancar ferimentos com muito fluxo de sangue e para fazer curativos até que o tutor possa levar o animal até o veterinário. Com relação ao estancamento do sangue, é imprescindível que você faça corretamente, ou seja, aplique uma gaze e não a elimine quando estiver ensopada, mas sim coloque outra por cima. Este produto é até melhor que o algodão, uma vez que este último gruda em ferimentos.
  • Esparadrapo: Muito importante para ajudar nos curativos.
  • Água oxigenada: Só utilize este produto quando for realmente necessário. Por exemplo, se o ferimento está infeccionado a água oxigenada poderá ajudar na desinfecção. Por outro lado, se só estiver sangrando opte apenas pelo soro fisiológico. Todavia, é importante ter dentro da maleta.
  • Pinça: Retirar espinhos dos pelos pode ser complicado com a mão, por isso opte por ter uma pinça. Como as de médico são muito caras, uma opção mais barata são as de costureira, tendo em vista que elas são de fácil manuseio e têm a ponta fina. Pode ser útil até para retirar carrapatos com segurança. Porém, vale ressaltar que após o uso ela deverá ser esterilizada e guardada seca, para evitar que fique enferrujada.
  • Termômetro: Quando há falta de apetite, nariz seco e uma temperatura muito alta no corpo dos pets, eles podem estar com febre. Para ter certeza, tenha um termômetro dentro da maleta. Lembre-se que é preciso que este seja próprio para cães e de uso retal. É importante ressaltar também, que a temperatura do corpo dos cães é maior que a dos humanos. As temperaturas normais dos cães variam entre 37 °C  a 39 °C, acima disso, leve o peludo para o veterinário. Após o uso do termômetro, esterilize-o.

Outros produtos que podem ser úteis dentro do kit são: luvas descartáveis, para evitar infecções nos ferimentos dos animais tratados; tesoura, usada para cortar pelos que dificultem a limpeza de um local ferido; cotonetes; alicates; sabonetes antissépticos e pomadas cicatrizantes.


Reportar erro