Cão e dono: fidelidade e amor até os últimos instantes

A fidelidade dos cães são comprovadas em histórias heroicas noticiadas nos telejornais, mas é comumente rebatida por algumas teorias científicas


“O cão é o melhor amigo do homem”. Esta pérola faz todo o sentido quando analisada na vida real, histórias de amor e fidelidade entre os cães e seus tutores são comuns por todo o mundo e se repetem cada vez mais. A ciência, por sua vez, não conseguiu explicar com clareza esta relação entre os humanos e os caninos. Todavia, os donos dos peludos sabem que esse tipo de amor não necessita de explicação.

A fidelidade dos cães são comprovadas em histórias heroicas noticiadas nos telejornais, mas é comumente rebatida por algumas teorias científicas. Há, portanto, uma oposição entre as ideologias da ciência e o cotidiano dos animais.

A visão da ciência

Para os pesquisadores, o sentimento que os animais sentem pelos humanos é visto de diferentes formas. Uns acreditam que os cães não sentem amor e realizam bons comportamentos por saberem que vão ganhar algo em troca. Seguindo esta teoria está o cientista e veterinário Fred Metzger, da Universidade da Pensilvânia, nos Estados Unidos.

Cão e dono: fidelidade e amor até os últimos instantes

Foto: Pixabay

Metzger acredita que os cães não amam da mesma forma que os humanos. Para ele, os pets só agem de forma carinhosa com os homens porque sabem que vão ganhar algo em troca disso, ou seja, agem por interesse. Com objetivo de comprovar suas teorias, o cientista afirma que se um cão passasse uma temporada na casa de estranhos e fosse tratado da mesma forma, ele não amaria sua antiga família mais que estas novas pessoas.

Em caminho oposto, o neurologista Michael Hennessey rebate as teorias de Metzger. Segundo ele, o amor que o cão sente pelo seu tutor é real e independe de como ele é tratado pela família. Ainda de acordo com Hennessey, o sentimento de afeto que os cães têm pelos humanos é maior até que o tido pelos seus congêneres, inclusive seus irmãos de ninhada.

Fatos reais de amor e fidelidade

Enquanto a ciência fica dividida entre um amor sincero ou não que os cães sentem, a realidade vem para mostrar que os animais apesar de serem considerados irracionais conseguem sentir emoções similares aos humanos e transformam os sentimentos em ações de bravura para com seus tutores.

Este foi o caso da cadela Minei no interior de Sorocaba, cidade localizada na capital São Paulo. A guerreira salvou o seu tutor e o amiguinho que estava com ele de um ataque de outro cachorro. Ela acabou machucando uma das patinhas, mas salvou a vida das duas crianças.

Um outro caso revela o amor e o companheirismo dos cães. Desta vez, em Curitiba e com um final trágico. Um jovem foi assassinado na rua de sua casa e seu cachorro se manteve firme ao lado do corpo. Após a intervenção da polícia e dos agentes de saúde, o corpo foi levado ao Instituto de Medicina Legal (IML) e a todo instante o cão estava presente.

Estas e outras histórias podem até surpreender algumas pessoas, mas para quem cuida de um cachorro sabe que as atitudes e o carinho que ele demonstra aos seres humanos são algumas provas do amor puro e fiel que ele sente.


Reportar erro