Coração dos cães guarda enormes sentimentos

De acordo com estudos, o coração dos cães realmente tem sentimentos como os humanos. Saiba mais sobre os enormes e belos sentimentos dos cachorros


Não é raro ver um tutor que trata o seu cãozinho como se fosse uma criança, não é verdade? Quem tem um cachorro em casa sabe que o animal é um grande amigo, companheiro de esportes, ombro para chorar, diversão garantida para toda a família e muito mais.

Às vezes, nós olhamos para o nosso animal de estimação e temos a sensação de que ele sente o mesmo que estamos sentindo, que ele tem a capacidade de nos compreender perfeitamente bem.

De acordo com alguns estudos, o coração dos cães realmente tem sentimentos como os humanos, guardando enormes e belos sentimentos como a generosidade, empatia, amor, paciência e perdão.

Os cães usam a mesma área do cérebro humano para sentir

Após vários experimentos, o professor de neuroeconomia Gregory Berns, da Emory University, Gregory Berns, concluiu que os cachorros usam a mesma região do cérebro humano para sentir. O estudo foi realizado com uma máquina de ressonância magnética capaz de analisar o cérebro humano.

O teste contou com a participação de voluntários que podiam desistir de colaborar com a pesquisa quando quisessem. Também foi necessária a ajuda de um treinador de cães, Mark Spivak, que ensinou os animais a ficarem imóveis durante o procedimento da ressonância magnética.

Imagem de cães meigos

Foto: Pixabay

De acordo com os mapas cerebrais gerados pela máquina, os cachorros usam o núcleo caudado para prever situações prazerosas, assim como os humanos. Esta área está localizada entre o tronco cerebral e o córtex, é rica em dopamina e fica mais ativa diante de situações que envolvam amor, comida e dinheiro nos humanos. Esta região também foi estimulada nos cães quando eles receberiam um petisco ou quando o seu dono reapareceu após alguns minutos.

Com a pesquisa, o professor Berns concluiu que a capacidade de experimentar emoções como o amor e apego indica que os cachorros têm um nível de sensibilidade que pode ser comparado à de uma criança humana.

Os corações dos cães e de seus tutores batem sincronizados

Há outro estudo incrível que indica o nível de conexão entre humanos e cães: quando eles estão juntos, os seus batimentos cardíacos se alinham um ao outro, ficando perfeitamente sincronizados.

O estudo foi realizado em parceria entre a Universidade Monash (Austrália) e a empresa Pedigree Petfoods. Tal pesquisa consistiu na reunião e no monitoramento dos batimentos cardíacos de três pares de cachorros e seus respectivos tutores. O resultado foi que, enquanto estiveram juntos, os seus corações estavam batendo ao mesmo tempo, no mesmo nível e proporção.

Quando os animais de estimação e os seus tutores foram separados, os pesquisadores notaram que os batimentos dos dois grupos caíram significativamente.


Reportar erro