Como lidar com o cãozinho bagunceiro?

Aprenda como canalizar as energias do seu cão em brincadeiras e passeios


Todos os apaixonados por cachorros sabem que quando adotamos ou compramos um cão, seja ele adulto ou filhote, existem grandes possibilidades de ele ter uma personalidade bagunceira, travessa, como se estivesse ligado no 220 volts, deixando a casa e o quintal de cabeça para baixo.

O que os donos desses cachorros bagunceiros precisam ter em mente é que tratar o animal de modo agressivo e violento, ou até mesmo ignorando e abandonando o cão, como forma de repressão ao ato de bagunçar, não facilita no aprendizado do cachorro, pelo contrário, comportamentos assim irão agravar ainda mais o problema.

Como lidar com o cãozinho bagunceiro?

Foto: Reprodução

Por que alguns cachorros são bagunceiros?

Os motivos podem ser muitos, porém os mais comuns são por estarem entediados com uma rotina sem brincadeiras, exercícios e atenção, alguns cachorros também adoram destruir algo da casa como forma de chamar atenção de seu dono ou até mesmo como forma de animar o ambiente.

O cachorro faz parte da família

Quando decidimos adicionar um cachorro em nossa vida, devemos saber que ele irá fazer parte da família e assim como uma criança, ele também precisa de limites, principalmente se for bagunceiro, também é papel do dono dar amor, atenção, educação e muitas brincadeiras e passeios ao seu amigo peludo.

O cãozinho bagunceiro costuma ser carismático, isto é, apronta muito e depois faz aquela “carinha de santo”, esperando não levar bronca, acontece que se o dono não chama atenção, corrigindo o cachorro no momento em que o mesmo elaborou a bagunça, o cão irá encarar aquilo como algo sem problemas, algo correto, tornando atitudes, como por exemplo, de picar papeis, roer cadeiras, destruir sofás, fazer buracos no quintal, destruir o jardim, entre outras situações, parte de sua rotina divertida.

O que fazer para acalmar um cãozinho bagunceiro?

A primeira dica é parar de ignorar os sinais do seu cachorro, ou até mesmo parar de encorajar estes mesmo sinais de bagunça. Brigue na dose certa, sem exageros e principalmente sem agredir o seu cachorro, faça com que ele perceba que aquela momento não é uma brincadeira e sim uma bronca em função de uma atitude errada.

Brincadeiras esportivas: pratique exercícios diariamente com o seu cachorro, como por exemplo, cabo de guerra, jogar bolinha ou brincar de pique esconde. Dessa forma o cachorro irá focar suas energias nas brincadeiras e não nos móveis da casa.

Brinquedos próprios: compre brinquedos destinados ao seu cão, assim ele não irá se interessar pelo seu livro ou chinelo, até porque dependendo do objeto que seu cachorro ingerir, pode trazer riscos a sua saúde.

Adestramento: outra opção caso nada resolva é procurar ajuda de um profissional e adestrar o cachorro.


Reportar erro