Cachorros podem comer ração para gatos?

Será que cachorro comer algo que foi industrializado para ser consumido por animais gatos pode trazer algum tipo de sequela para ele?


Os tutores que cuidam simultaneamente de cães e gatos já devem ter se deparado com a cena de um “roubando” a ração do outro. Mas será que cachorro comer algo que foi industrializado para ser consumido por animais felinos pode trazer algum tipo de sequela para ele? Bom, vejamos a seguir:

Por que o cachorro come ração de gato?

É difícil conseguir controlar esse tipo de ato nos animais. Ainda mais porque os gatos costumam ter uma alimentação mais independente no sentido de horário. Eles que decidem em que momento do dia devem comer ou não. Por conta disso, os tutores preferem deixar a ração no prato para que o felino se alimente quando achar que deve. Mas ai o cachorro, que é bem mais comilão, acaba não resistindo a tanta tentação e rouba a comida do amiguinho.

Além disso, a ração do gato costuma ser mais atraente para o cachorro porque, no geral, elas são feitas com mais nutrientes, fibras, proteínas e gorduras do que a canina. Até mesmo o seu cheiro e sabor são mais chamativos.

Cães podem comer ração para gatos?

Foto: Pixabay

Cachorro pode comer ração de gato?

Se seu cachorro tiver ingerido a ração em um dia, não se preocupe. Não existe nenhuma substância na comida do gato que seja tóxica para a saúde do cão. O único problema é se esse hábito se tornar algo rotineiro.

Como já mencionado, a ração do gato possui algumas itens a mais quando comparada a canina. Visto que a comida é industrializada pensando no organismo do gato, como o corpo dele trabalha tais nutrientes e quais são suas maiores necessidades. Para o cão funciona de forma complemente diferente. O mínimo que pode acontecer com o cachorro que se alimenta de comida felina é, a longo prazo, ganhar bastante peso.

Outros problemas podem surgir em cães que comem sempre a ração felina. É provável que problemas digestivos caracterizados com diarreia e vômitos apareçam no cachorro. Isso acontecerá devido à ingestão de gordura que o organismo canino não foi feito para digerir.

A grande ingestão de proteínas também pode ser eliminada pelo cão através do seu sistema excretor, podendo ocasionar sérios problemas renais.

Como solucionar isso?

O ideal é deixar a comida do gato em um lugar que o cão não terá acesso. Tente separar em cômodos diferentes e fique sempre a tento.


Reportar erro