Aprenda a criar momentos diários divertidos para os cães

Estimule o filhote a brincar em determinados horários, criando para vocês uma rotina de diversão. Assim, o cachorrinho se anima e aprende ao mesmo tempo


Os cães respondem aos exercícios e as brincadeiras de uma melhor forma quando são estimulados, por isso é ideal que o tutor faça isso por eles. Em outras palavras, é preciso que o dono consiga criar eventos divertidos para o animal, fazendo com que ele aprenda e brinque ao mesmo tempo.

De acordo com a behaviorista Gwen Bailey, no livro “O Filhote Perfeito”, os filhotes são sempre muito animados, mas em alguns momentos do dia eles se tornam mais felizes e consequentemente querem gastar esta energia com o seu amigo humano.

“Isso pode ocorrer em qualquer momento, seja com você chegando em casa ou recebendo visitas. Nesses momentos divertidos do dia, você verá que o cachorro começa a brincar como mais gosta”, explica a treinadora e completa, “você pode usar esse desejo para incentivar um cão relutante a brincar com você pegando os brinquedos sempre que ele ficar animado com alguma coisa.”

Aprenda a criar momentos diários divertidos para os cães

Foto: Pixabay

Como estimular o cãozinho para brincar nos momentos certos?

Estimule o filhote a brincar em determinados horários, criando para ele e para você uma rotina. Esta atitude é muito importante para o cachorro, que acaba aprendendo que há momento para tudo durante o dia, inclusive para brincar. Para isso, você precisa estipular qual a melhor hora para interagir com o filhote ou até mesmo aproveitar certas circunstâncias onde o animal já está alegre.

Um exemplo dado por Gwen é o de usufruir a chegada em casa, quando o cachorro vem lhe recepcionar. A ideia é deixar um brinquedo logo na entrada da casa e pegá-lo logo quando entrar, convidando o cachorro a brincar. Com a repetitividade, o pet vai entender que a diversão começa a partir do momento em que aquele brinquedo surge na sua mão.

Dicas importantes

  • Não demonstre insatisfação quando o cachorro não corresponder corretamente a brincadeira, prefira parar a brincadeira por um tempo e refletir sobre o porquê que deu errado;
  • Respeite os momentos de cansaço ou de quietude do animal, nestes momentos ele não vai querer brincar e o desempenho não será o mesmo;
  • Tente não se tornar chato, um cão alegre vai esperar que o amigo humano também esteja, caso contrário ele pode perder a confiança em você;
  • Sempre conclua a brincadeira antes de você e do pet cansarem.


Informar erro