As 2 novas raças de cães: greyhound árabe e terrier americano sem pelo

Espécies são reconhecidas por órgãos que fiscalizam características e o sangue puro


A compra de animais é muito criticada pelos ativistas animais, isso porque pouca gente sabe o que há por traz de cada filhote fofo que está a venda por valores cada vez mais altos. Mesmo assim, a criação de novas raças surgem e são reconhecidas por órgãos que fiscalizam as características e o sangue puro de uma determinada espécie.

American Kennel Club (AKC) é um exemplo de organização que registra a linhagem de cães de sangue puro. Recentemente, ela anunciou duas novas raças: o terrier americano sem pelo e o greyhound árabe.

AKC: Divisões e características das raças

A organização norte-americana divide os animais em sete grupos, com diferentes características entre si. Atualmente, a AKC registrou mais de 300 raças com diversas funções como guarda, caça, pastoreio, companhia etc. Essas duas novas raças se enquadram em dois grupos diferentes: o terrier e o hound.

Além de registrar as linhagens de cães, a American Kennel Club produz eventos como o National Dog Show, em que todos os cães que dele participam são escolhidos pela própria organização. Os animais ficam em exposição em todo o Dia de Ação de Graças, comemorado nos Estados Unidos. Essas duas novas espécies não poderão competir até de 2017, mas poderão circular no evento.

Novo terrier

Novo cão terrier

Fotos: American Kennel Club (AKC)

Pertencem a este grupo os animais que foram criados com o intuito de caçar. Atualmente, poucos são os pets destinados para este fim, porém, as características deles continuam em destaque. São cães que estão sempre em alerta, são enérgicos e curiosos e, geralmente, não se dão bem com outros animais.

Assim, o terrier americano engloba este grupo. De pequeno porte, é a primeira raça americana que não possui pelos.

Novo hound

Novo cão hound

O novo greyhound árabe se enquadrou para este grupo devido suas características semelhantes aos demais participantes. São cães que alcançam grandes velocidades e possuem um temperamento reservado. Além disso, são animais nobres e graciosos. O novo integrante é de porte médio, esbelto e tem um pelo curto.

Seleção artificial criticada

As raças são desenvolvidas para contemplar alguns desejos dos homens, e muitas vezes não levam em consideração o bem-estar dos animais criados. Muitas doenças afetam os animais que passam pela seleção artificial, como insuficiências cardíacas, problemas respiratórios, ortopédicos, entre outros. Em virtude disso, a AKC sofre duras críticas dos protetores animais, tendo em vista que ela é a maior confederação de registro de genealogias e divisão de cães dos Estados.


Reportar erro