Cão corajoso se recusa a sair de lado de ‘namorada’ ferida em linha férrea

Panda passou dias ao lado de sua namorada, Lucy, que estava ferida sem conseguir se mover numa linha de trem

Ferida demais para conseguir se mover dos trilhos de trem (com o risco de ser atropelada por um), passando frio e sem comer nada durante os dois dias em que estava lá, o destino da cadelinha parecia ser a morte. Felizmente, ela não estava sozinha, um outro cão permaneceu todo o tempo ao lado dela.

Fotos: Reprodução/ Facebook/ Денис Малафеев

Além disso, sempre que um trem estava se aproximando, o cão abaixava a cabeça da namorada para que ela não se ferisse. O caso aconteceu em Uzhgorod, cidade que fica no leste da Ucrânia e um morador local, chamado Denis Malafeyev, decidiu gravar o momento em que um trem passava nos trilhos. Confira:

“É uma história muito tocante. Um amigo me ligou e contou sobre dois cães deitados em um trilho de trem e um deles, uma fêmea, estava ferida e não podia se mexer,” contou Denis ao DailyMail. “O macho estava protegendo ela e latia quando tentávamos nos aproximar. Quando vi um trem se aproximar, ele abaixou a cabeça dela para que o trem passassem sem os machucar.”

Pouco tempo depois ele conseguiu pegar os dois cães e os levou até o veterinário, onde felizmente foi diagnosticado que a cadela não tinha nenhuma fratura, apenas alguns hematomas. Pouco tempo depois os tutores de Panda e Lucy, como se chamam os cães, foram localizados e ambos já se reuniram novamente.

“Eu não sei como chamar isso: instinto, amor, amizade ou lealdade. Uma coisa que tenho certeza é que nem todas as pessoas fariam isso umas para as outras,” finalizou Denis.

 

Com informações de DailyMail