Com dificuldade de locomoção, cadela é ‘adotada’ por asno

Kolima sofre da síndrome de wobbler, o que a impede de andar sem que sinta dores


Kolima é uma cadela de 1 ano de idade da raça pastor-da-anatólia, que, infelizmente, nasceu com uma condição chamada síndrome de wobbler, que é um problema que geralmente ocorre com cães de grande porte. Esta doença causa uma grande instabilidade na coluna espinhal, o que faz com que os cães sintam muita dor e não tenham firmeza ao se pôr de pé e tentar andar.

Devido sua condição, a cadelinha passa grande parte do tempo deitada, o que a impossibilita de brincar e correr com os outros cães, mas, felizmente, ela ganhou um novo amigo, uma amizade bem inusitada, diga-se de passagem. O asno chamado Paolo, de 6 anos de idade, logo se tornou amigo de Kolima.

“O único momento do dia em que Kolima encontra energia para tentar se levantar e brincar, é quando eu a levo para ficar com Paolo”, escreveu em sua página no Facebook Felice Caputo, tutor de ambos animais. “Eu achei que tinha adotado uma cadela, mas a cada dia que se passa fica ainda mais claro de que ela foi adotada pelo meu asno”.

Na publicação, Felice postou um vídeo que são exibidos alguns momentos dos dois juntos, mostrando o burro se abaixando para que a cadela não se esforçasse tendo que se levantar. Confira:

Via The Dodo


Reportar erro