País é o primeiro no mundo sem cachorros abandonados

Sem animais eutanasiados ou em canis, a Holanda conseguiu retirar todos os cães das ruas


Já parou para imaginar como seria um país onde não houvesse nenhum cachorro abandonado nas ruas?

Um país que livre os cães de toda uma vida de sofrimento, fome, sede, frio, atropelamentos ou outras atrocidades que estamos cansados de ler e presenciar nos noticiários?

Um lugar tão maravilhoso assim até parece fruto de uma imaginação fértil, mas na verdade ele existe e fica localizado na Europa. Trata-se da Holanda, o primeiro país do mundo sem cães abandonados.

E o melhor – sim esta notícia pode melhorar – o governo holandês conseguiu esta façanha sem realizar eutanásia em nenhum cachorro ou apreensão de peludos em canis.

Portanto, todos os cães que viviam nas ruas da Holanda encontraram uma família e agora vivem no conforto de seus lares e rodeados de muito amor, como todos os animais merecem.

pais-e-o-primeiro-no-mundo-sem-cachorros-abandonados

Foto: depositphotos

Medidas adotadas pelo Governo Holandês

É claro que esta vitória dos holandeses e, principalmente, dos cachorros que vivem neste país não foi alcançada da noite para o dia.

Para este sonho se tornar realidade foram necessárias iniciativas provocadas pelo governo e adotadas pela população, um trabalho que integra responsabilidade, conscientização e amor.

Por esta razão, o governo da Holanda elaborou um plano baseado em quatro importantes pilares, eram eles:

-Promulgação de leis extremamente duras para quem abandonassem animais nas ruas;

-Cobrança de multas que chegavam à casa dos milhões de euros para os tutores que soltassem os animais nas ruas;

-Altas taxas de impostos para os que compravam animais de raça;

-Lançamentos de campanhas com foco em adoção, castração e conscientização com relação aos maus tratos e abandonos.

Além disso, o governo se responsabilizou pelos custos das castrações dos animais de rua. Também promoveu castrações gratuitas para os tutores que quisessem realizar tal procedimento em seus animais.

Isso porque, todos sabem que as castrações são importantes não só para fazer o controle populacional dos cães, mas também para evitar problemas futuros nos pets. 

Realidade dos animais abandonados

Órgãos ligados à causa animal estimam que existam aproximadamente 600 milhões de cães abandonados no mundo todo. A falta de políticas públicas dos governos é a principal causa para este número ter chegado nesta faixa.

Na verdade, são mais de meio milhão de cachorros sem cuidados, teto, amor e, muitas vezes, sem saúde.

Assim, o caso da Holanda serve como um exemplo de que é possível mudar a realidade dos peludos. Mas, para isso, é necessário atitude por parte do poder público e também pressão da população com o intuito de cobrar mudanças dos órgãos. Já que os animais não podem falar, que a sociedade civil seja esta voz que eles tanto necessitam.


Reportar erro