Labrador é condecorado por bravura após salvar mulher de nevasca

Durante uma busca de mais de duas horas, o cão, graças ao seu faro, encontrou a vítima inconsciente


O labrador de três anos Rauour, que faz parte do grupo de regate Tweed Valley Mountain Rescue Team, salvou a vida de uma mulher que esteve desaparecida durante uma nevasca em Selkirk, na Escócia.

Rauour, assim como o seu responsável John Romanes, após um chamado saíram em busca durante horas, até que o cão achou a mulher inconsciente, no buraco de uma raiz de árvore. Ela estava inconsciente, sofrendo de hipotermia avançada e apenas suas pernas estavam visíveis. O Rauour a encontrou graças ao seu faro.

rauour-ao-lado-de-seu-tutor-e-representante-da-psda

Foto: Reprodução/ PSDA

“Seu papel na equipe de busca se dá principalmente por seu faro que é muito mais potente do que o de qualquer uma das 20 pessoas do grupo. Se não fosse por seu sentido muito aguçado, talvez encontrássemos a vítima tarde demais”, contou John Romanes à ONG People’s Dispensary for Sick Animals (PDSA).

A atitude heroica do cãozinho foi reconhecida pela ONG animal PSDA, que o condecorou com um prêmio por bravura. “A PDSA tem uma longa tradição em condecorar animais e a história de Rauour resume bem o valor dos animais em nossa vida”, contou John Faulkner, integrante da ONG.

O resgate realizado por Rauour ocorreu ano passado.

Com informações da PSDA


Reportar erro