Fukushima: japonês desafia radiação para cuidar de animais abandonados

Nível de radiação no corpo dele já é 17 vezes maior que o normal


Em 11 de março de 2011, um terremoto de magnitude 9 provocou um tsunami que destruiu uma grande parte dos reatores da Central Nuclear de Fukushima, no Japão. Com a obstrução dos reatores, os moradores da região corriam sérios riscos por conta da radiação que estava sendo liberada. Milhares de pessoas foram evacuadas da cidade e dos arredores, visto que uma área de 12,5 km seria interditada. E com essa desocupação imediata, infelizmente, vários animais foram abandonados.

Naoto Matsumura, 55 anos, foi uma dessas pessoas que teve que ir para a casa de seus pais, deixando para trás os seus cães. Ao entender as proporções do desastre, considerado o mais grave desde Chernobil, em 1986, ele decidiu quebrar as regras de segurança e voltou para cuidar dos seus cães, pois ele não suportou a ideia de abandonar os animais sozinhos em uma cidade vazia. Ao retornar ao local, Matsumura se deparou com algo ainda mais grave, não eram apenas seus cães que estavam famintos e com sede. Haviam muitos outros pets carentes de cuidados.

Apiedado com a situação dos animais e vendo que eles não poderiam ser retirados dali por risco de contaminarem a população, Matsumura decidiu permanecer no local para cuidar deles, mesmo com a quantidade alarmante de radiação que está recebendo. Graças às doações que recebe, ele cuida e alimenta diversos animais, e não apenas animais domésticos como cães e gatos, mas também animais de fazenda como porcos, avestruzes, vacas e até mesmo um pequeno pônei.

Fukushima: japonês desafia radiação para cuidar de animais abandonados

Fotos: Reprodução/ Facebook

Fukushima: japonês desafia radiação para cuidar de animais abandonados

Segundo médicos que examinaram o japonês, a quantidade de radiação presente no corpo dele atingiu um nível 17 vezes maior que o máximo para um humano saudável. O médicos o informaram que dentro de 30 ou 40 anos apareceriam os primeiros sintomas de doenças causadas pela radiação, mas Matsumura disse não se importar, pois de qualquer maneira já estará morto quando todo esse tempo passar.

Fukushima: japonês desafia radiação para cuidar de animais abandonados

A incrível história de Naoto Matsumura, conhecido também como O Guardião dos animais de Fukushima, foi contada no documentário produzido pelo VICE, oAlone in the Zone“(Sozinho na Zona), que pode ser assistido logo abaixo:

 

 


Reportar erro