Após ter parte do corpo queimado, cão passa a integrar equipe de bombeiros

Cachorro foi nomeado oficialmente o mascote de corporação americana


Após um incêndio em sua antiga casa, no estado da Carolina do Sul, nos Estados Unidos, ocorrido ano passado, o cão Jake acabou ficando com cerca de 75% de seu corpo queimado. O cão foi salvo pelo vizinho e bombeiro William Lindler. Ele imediatamente levou o animal para o veterinário e avisou aos tutores do pet logo em seguida.

Por contas dos altos custos do tratamento, os donos de Jake decidiram abandonar o cão. Apiedado, o bombeiro que salvou a vida do animal decidiu arcar com o tratamento e adotar o animal.

Após se recuperar de todas as feridas causadas pelo incêndio, Jake foi integrado ao Corpo de Bombeiros. Além de ajudar na detecção de focos de incêndio através do seu faro, o cachorro foi nomeado oficialmente o mascote da instituição.

Jake tem um perfil no Facebook o qual já tem mais de 19 mil curtidas. Na página é possível visualizar tudo sobre o dia a dia desse incrível pet.

jake-com-parte-do-corpo-queimado

Foto: Reprodução/ Facebook/ William Lindler

jake-o-cachorro-bombeiro

jake-e-seu-novo-tutor-o-bombeiro-william


Reportar erro