Pesquisa questiona conceito sobre cães e gatos

Cães e gatos têm mais coisas em comum do que imaginávamos. Entenda o que a pesquisa feita recentemente põe em questão quanto aos conceitos de cães e gatos


Cães e gatos são os animais de estimação mais populares nos dias atuais. Uma das diferenças mais gritantes entre eles, segundo os tutores que os cria em casa, é o padrão social: os cães vivem em bando e são sociáveis, enquanto os gatos são mais independentes. Os cães também são mais facilmente treinados, já que adoram agradar seus líderes, enquanto os gatos já não ligam tanto para isso. No entanto, são treinados facilmente no que se trata de higiene, usando a caixa de areia, por exemplo, hábito instintivo. Existem diferenças estruturais do corpo, como por exemplo, a quantidade de dentes: os cães têm 42, enquanto os gatos têm 30.

Coisas em comum

Mas essa pesquisa vai mudar o que a gente sabia sobre cães e gatos. Se você ama cachorros, mas não tem o mesmo sentimento quando se trata de gatos, vai se surpreender. Uma pesquisa realizada recentemente pela Brown University, localizada nos Estados Unidos, revelou que os cães e gatos têm mais coisas em comum do que imaginamos: eles podem, inclusive, ter sido, em algum momento evolutivo, da mesma espécie.

Pesquisa questiona conceito sobre cães e gatos

Foto: Pixabay

Gatos: a origem de tudo

Os cachorros só surgiram depois de algum tempo, com uma série de mudanças climáticas. Mas no início, somente os gatos existiam. A constatação é de Christine Janis, a pesquisadora chefe desse estudo. Ela realizou uma análise na evolução progressiva dos cotovelos e dentes dos fósseis de cães com idade entre 2 milhões e 40 milhões de anos.

A medida que o mundo foi ficando mais gelado, assim como com a transformação das florestas em campos, algumas das espécies de gatos existentes passaram a ter cotovelos preparados para correr distâncias mais longas, de forma a poderem atacar suas presas. Atualmente, essa característica é encontrada nos cachorros, que têm cotovelos apontados para baixo, enquanto os gatos apresentam, atualmente, cotovelos que permitem que usem as patas para segurar e lutar com a presa.


Reportar erro