As razões para que as crianças cresçam na companhia de um cão

Confira 10 motivos que evidenciam e comprovam o quanto é benéfico o crescimento dos pequenos junto aos cães


Ter ou não um cão? Eis a questão. Criar um cachorro em casa é uma dúvida para muitos pais, principalmente quando na residência há bebês ou crianças. Este questionamento é oriundo de muitos mitos que se criaram sobre a relação que a criançada tem com os peludos de quatro patas. Dizem que os pequenos podem desenvolver alergias, que o cachorro pode machucar a criança por ciúmes ou até que um cão pode despertar comportamentos de baderna nas crianças. Mas, será que essas informações são verdadeiras?

Para mostrar que nenhuma dessas hipóteses são reais ou uma espécie de regra de convívio entre animais e crianças, eis um levantamento de 10 motivos que evidenciam e comprovam o quanto é benéfico o crescimento dos pequenos junto aos cães. Esta relação faz com que a criançada seja mais saudável, confiante e aprendam de forma divertida a ter bons vínculos sociais.

A presença de cães diminui o surgimento de alergias e asma em crianças

Ao contrário do que muita gente pensa, viver com um animal traz proteções naturais para a manter a saúde dos cães sempre em dia. A prova disso foi tirada pelos estudiosos que publicaram na revista Clinical & Experimental Allergy, que os pequenos que crescem com cães ao seu redor têm 50% menos chances de desenvolver alergias e asma.

Tutores com corações mais saudáveis

Diferente de muitas pessoas, os cães dificilmente nos consomem de estresse. Uma vez ou outra podem até caprichar na bagunça, mas quando pedem desculpas, de um jeito só deles a raiva do dono passa que ele nem percebe. Por afastar o estresse, diminuir a pressão arterial e a frequência cardíaca dos humanos, a presença de um cão fortalece o funcionamento do coração.

Cachorro ajuda a melhorar a leitura

Crianças que apresentam dificuldades em leitura, podem ter em um cachorro um “professor de reforço”. Isto significa dizer que cães são ótimos ouvintes, não questionam e nem resmungam quando o orador não está fazendo um boa leitura. E é por causa dessas características que a criança ao ler perto do animal se sente mais confiante e melhora a leitura.

Cães protegem bebês de infecções e problemas respiratórios

Não é o Clube que está afirmando isso, mas sim um estudo feito por profissionais do Hospital Universitário Kuopio, na Finlândia. De acordo com os especialistas, os bebês que vivem com cães estão expostos a germes, isso pode aumentar o sistema imunológico deles e, consequentemente, evitar que fiquem doentes com mais facilidade. No estudo, os bebês que conviveram com cães durante o primeiro ano de vida são um terço mais propensos a evitar doenças respiratórias e infecções no geral.

Pets ajudam a diminuir o estresse de crianças com autismo

As razões para que as crianças cresçam na companhia de um cão

Foto: Pixabay

Quem já criou cachorro sabe como eles são especiais nos relacionamentos com seus donos, tentando sempre agradá-los e fazer do momento algo alegre e único. De forma similar se comportam os cães treinados para conviver com crianças com autismo. De acordo com a Universidade de Montreal, os autistas têm seus hormônios drasticamente diminuídos quando estão na presença de seus companheiros caninos.

Crianças fazem mais exercícios com cães

Cachorros necessitam de exercícios diários, uma saída para passear, uma corrida no parque ou até mesmo uma brincadeira no quintal. Isto estimula nas crianças uma vida mais ativa, uma vez que elas devem fazer essas atividades com seus melhores amigos de quatro patas.

Cães ajudam a unir irmãos

Em uma casa com mais de uma criança há sempre brigas que sempre terminam em choro ou mágoas. Um cão em casa diminui com essas situações e acabam unindo mais os irmãos. Isto ocorre porque os pequenos vão ter mais algo em comum, o amor pelo peludo. Além disso, vão aprender algumas responsabilidades, o que pode uni-los ainda mais.

A presença do cachorro ajuda na vida social

As crianças que têm a oportunidade de viverem ao lado dos cães, começam a cultivar desde cedo o senso de responsabilidade, compartilhamento, amor e carinho. Tudo isso ajuda os pequenos a viverem melhor na sociedade.

Crianças alérgicas que vivem com cães são menos propensas a terem eczema

Um estudo da Universidade de Cincinnati, nos Estados Unidos, mostrou que as crianças que já são alérgicas, ao viverem com cães são quatro vezes menos propensas a terem eczema.


Reportar erro