,

Entenda o que é o cio silencioso em cadelas

Proestro é a primeira fase do cio, evidenciada pelo edema vulvar e pelo sangramento.E é esta fase que a fêmea com o ciclo estral silencioso não apresenta

Quando o assunto é o ciclo estral da fêmea, ou o cio como é mais conhecido, normalmente é possível perceber quatro fases distintas, são elas: proestro, estro, diestro e anestro.

Contudo, este período possui diferenciações que vão surgir dependendo do organismo de cada cadela. A começar, por exemplo, com a idade para o primeiro cio, pois enquanto algumas fêmeas apresentam esta fase logo aos seis meses de idade, outras acabam manifestando apenas com um ano.

Outra grande diferença correspondente ao cio é com relação as fases. Isto porque, o proestro pode não surgir no ciclo, evidenciando o que os médicos veterinários chamam de cio silencioso ou cio seco. Esta primeira fase é caracterizada pelo edema vulvar e pelo sangramento, mas no caso das fêmeas com o ciclo estral silencioso, estes aspectos não aparecem no processo. Entretanto, isto não significa dizer que a cadela não pode cruzar. Entenda melhor!

O que é cio silencioso?

Entenda o que é o cio silencioso em cadelas

Foto: depositphotos

O cio silencioso não se refere a falta de cio na cadela, mas sim de alguns sinais que evidenciam este período. Não há sangramento e a vagina da fêmea fica sem nenhum inchaço. Assim, o tutor acaba não percebendo que a fêmea entro no ciclo estral. Mesmo sem os indícios da fase proestro, que dura em torno de nove dias, a cadela apresenta normalidade nas demais fases.

Sendo assim, a fêmea possui a fase de ovulação e exala cheiros que atraem os machos. Por esta razão, é importante identificar o cio silencioso, tendo em vista que a cadela pode acabar cruzando sem que o tutor tenha interesse que isso ocorra. Ou o contrário, se o dono deseja que ela cruze, mas com o problema acaba perdendo o tempo de incentivar o acasalamento.

Cio seco: como descobrir e o que pode ser feito?

Existem apenas duas formas de descobrir o cio silencioso, são elas: através do interesse de machos da redondeza ou por meio de exames laboratoriais. A primeira situação é complicada pois coloca em risco um possível acasalamento, caso este não seja desejado. Mas, pode acabar contribuindo para que o tutor levante suspeitas sobre a atual saúde da cadela.

Assim, a maneira mais segura e apropriada para descobrir o cio seco é levando a cadela no veterinário. Só através de exames de dosagem hormonal de progesterona é possível constatar este problema. Além disso, como os cios são irregulares, o dono deve permanecer em constante contato com o veterinário de confiança, tendo em vista que o médico poderá realizar citologias vaginais na fêmea de forma semanal ou quinzenal, a fim de descobrir o início do cio.