Dúvidas sobre a obesidade em cães? Especialista esclarece

Renato Zanetti, especialista em comportamento animal, esclarece os principais mitos e verdades relacionados aos sobrepeso e obesidade animal


A obesidade não é só um problema exclusivo humano, ela também atinge os animais de estimação com mais frequência do que se imagina. Os motivos são os mesmos entre os cães, gatos e homens: hábitos alimentares incorretos e o sedentarismo.

Renato Zanetti, especialista em comportamento animal, esclarece os principais mitos e verdades relacionados aos sobrepeso e obesidade animal.

Mitos e verdades sobre obesidade em cães

1. A castração engorda o animal.

VERDADE. Os animais que passam por esse processo dobram as chances de ficarem obesos por conta das alterações hormonais e da pouca atividade física.

Dúvidas sobre a obesidade em cães? Especialista esclarece mitos e verdades

Foto: depositphotos

2. Obesidade causa outros problemas de saúde para o animal.

VERDADE. Os pets com sobrepeso ou obesidade vivem menos e desenvolvem inúmeros problemas de saúde, como: doenças no coração, pele, articulações, pulmões e diabetes. Além disso, eles apresentam complicações de reprodução e risco em anestesias.

3. A obesidade está relacionada APENAS ao excesso de comida.

MITO. O especialista afirma que, assim como nos humanos, os fatores que causam o problema estão relacionados a duas causas: 5% ocorrem por conta do metabolismo, como problemas na glândula tireoide, no pâncreas, hipófise e hipotálamo; e 95% por conta dos hábitos alimentares e de vida, como muita comida e pouco exercício físico.

4. Existem alimentos que são proibidos para cães e gatos.

VERDADE. Existem alimentos que são tóxicos e outros que são definitivamente proibidos, podendo ser letais se ingerido em grandes quantidades. Em geral, evite dar comida industrializada de humanos para o seu bichinho. Açúcar e chocolate, principalmente.

5. Posso dar frutas e legumes para cães e gatos.

VERDADE. Em geral, algumas frutas e legumes (que não estiverem na lista dos tóxicos ou proibidos) podem ser oferecidos para os pets. Entretanto, consulte o veterinário para saber quais são os mais indicados e não cometer erros.

6. Atividade física colabora com a redução de peso.

VERDADE. Se o cão ou gato aumentar o gasto de calorias ele pode perder alguns quilos. Mas, o exercício deve ser aliado com uma mudança de hábitos na alimentação.

7. Cães comem por ‘gula’.

VERDADE. Os bichinhos não sabem a hora de parar. Por isso, quanto mais comida você der para eles, mais apetite eles terão. Renato Zanetti diferencia: “Fome (necessidade fisiológica decorrente do déficit nutricional) é diferente de apetite (disposição em comer sempre). Cães conseguem ingerir uma quantidade de alimento em uma única refeição muito superior ao necessário para sua manutenção. Como não sabem quando será sua próxima refeição, estão sempre dispostos a ingerir alimentos”.

8. Existe um peso ideal para cada raça (cães e gatos).

VERDADE. Mesmo havendo uma variação de indivíduo para indivíduo, há um padrão de peso para cada raça que pode ser usada como referência para se definir se o pet está gordinho. Procure saber com um veterinário qual é o peso ideal para o seu animalzinho. O que vai levar em conta é a idade dele e a raça.


Informar erro