,

Ação faz cão ‘adotar’ humano para incentivar à adoção de animais

Quando se fala em adoção animal, muita gente se comove com a situação, sobretudo no que se refere a cachorros e gatos. Mas, infelizmente, nem todos procuram enxergar o lado desses animaizinhos que ficam à mingua nos abrigos e também nas ruas, esperando uma pessoa de bom coração que os encham de amor e carinho e possam lhes proporcionar um lar.

Pensando nessa questão, uma marca de ração resolveu inovar e inverter os papéis, colocando os cachorrinhos na pele dos humanos que vão nos abrigos interessados na adoção.

A campanha vem causando um verdadeiro burburinho nas redes sociais e na internet como um todo, fazendo com que muitas pessoas pensem duas vezes em favor da causa da adoção.

Sobre o comercial

O filme, que foi produzido por uma agência de propaganda dos Estados Unidos, faz parte de uma campanha comemorativa de duas datas especiais: o Dia Nacional de Adoção de um Cão de Abrigo, no dia 30 de abril, e do Mês Nacional do Animal, lembrado em maio. A informação foi retirada da agência Anda, que levanta a bandeira da proteção animal.

Para que causasse impacto nos telespectadores, o vídeo buscou ser bem enfático nas situações apresentadas. Sendo assim, quem fica a espera de um companheiro no abrigo são os humanos. O vídeo começa mostrando várias pessoas, de diferentes idades, trancadas em jaulas de ferro. Na sequência, um cachorro adentra o local e segue andando, como se estivesse escolhendo uma das pessoas que estão nas grades.

A medida que o cão avança, as pessoas deixam o que estão fazendo e correm para a parte frontal da grade e ficam observando o cão passando com aquele olhar carregado de esperança. Essa foi uma reação inspirada na forma com que cães e gatos se comportam nos abrigos, sobretudo quando aparece uma pessoa interessada em adotar um deles. No final, o cão escolhe uma das mulheres, que logo deixa a jaula e começa a interagir com o pet.

O vídeo também joga com mensagens que visam impactar e conscientizar ainda mais os expectadores, levando-os a refletir. Uma delas diz: “Aproximadamente 4 milhões de cães chegam aos abrigos anualmente, há tantos amigos peludos esperando para encontrar suas casas”. Com o intuito de reforçar ainda mais a mensagem, tudo acaba com a frase: “Às vezes você precisa de um cachorro tanto quanto ele precisa de você. Adote”.

Dados sobre adoção no Brasil

O problema da adoção gera indicadores que não dão orgulho para o Brasil. Segundo dados levantados pelo instituto Fess’Kobbi e divulgados em agosto de 2016, apenas 41% dos cães domésticos que existem hoje nos lares brasileiros foram adotados. A grande maioria ainda é fruto do comércio, o que leva em consideração a raça. Essa é uma prática definitivamente condenada pelos movimentos de defesa dos direitos dos animais.

Assista ao vídeo aqui:

Sobre o autor

Avatar
Formado em Jornalismo pela UniFavip | Wyden. Já trabalhou como repórter e editor de conteúdo em um site de notícias de Caruaru e em três revistas da região. No Jornal Extra de Pernambuco e Vanguarda de Caruaru exerceu a função de repórter nas editorias de Economia, Cidades, Cultura, Regional e Política. Hoje é assessor de imprensa do Shopping Difusora de Caruaru-PE, Seja Digital (entidade responsável pelo desligamento do sinal analógico no Brasil), editor da revista Total (com circulação em Pernambuco) e redator web do Clube para Cahorros.