,

A importância da liderança e dos limites na criação do meu cão

É muito importante que o animal aprenda duas coisas: enxergar o tutor como um líder e entender que existem coisas que ele não pode fazer

Criar filhotes, apesar de ser algo prazeroso, não é nada fácil. Os cãezinhos podem ser bastante bagunceiros e desobedientes. Ter paciência e mostrar disciplina são passos fundamentais para garantir que o animal cresça sabendo lidar com limites.

Algumas vezes aquilo que você quer que o cãozinho faça, não é exatamente o que ele quer fazer. E quanto mais o animal cresce, mais difícil fica de impor os limites e regras para ele. Por isso, a época de ensinar que você é o líder é quando ele ainda é um filhote.

É muito importante que o animal saiba de duas coisas: enxergar o tutor como um líder e entender que existem coisas que ele não pode fazer. Assim como tentamos ensinar às crianças.

A importância da liderança e dos limites na criação do meu cão

Foto: depositphotos

“Um cão que pensa ser o líder da matilha tomará as próprias decisões. Ficará fora de controle e agirá como uma criança mimada, tentando de todas as formas fazer as coisas como quer. Ele não obedecerá a comandos ou a qualquer coisa que não queira fazer e sempre desejará ser o centro das atenções”. É o que alerta o livro “O Filhote Perfeito”, da autora Gwen Bailey.

Segundo a obra, ensinar cães a ter limites e mostrar quem é o verdadeiro líder, não é algo positivo somente para a relação com o tutor. Além de deixar o animal mais sociável, cães que se acham superiores aos seus donos costumam ter uma tempo de vida mais curto.

Como mostrar ao filhote que eu sou o líder

Os filhotes ainda são muito inseguros e em algum momento eles vão procurar a orientação do tutor. Esse é o momento de você demonstrar que está no controle e, principalmente, passar confiança para ele. Um relacionamento que tem como pilar principal a confiança e o respeito é a melhor forma de conseguir do cão um bom comportamento.

“Um bom líder não intimida nem força os outros a obedecer. Um bom líder ganha respeito sendo mais esperto, corajoso, decidido do que os outros”, destaca a autora.