,

Especialista orienta: Fique de olho nos olhinhos do seu cãozinho

Você pensa que só os humanos sofrem com problemas de visão? Está totalmente enganado (a)! Os animaizinhos também podem ter problemas relacionados à retina, lente e córnea.

Para descobrir isso, existem exames específicos que são realizados por um veterinário especialista. Muitos testes podem ser realizados para se evitar que o seu pet desenvolva complicações mais graves que podem levá-lo à cegueira.

De acordo com o blog do Correio Braziliense, defeitos anatômicos e influências externas podem provocar doenças na visão dos bichinhos. Em entrevista ao site, a oftalmologista veterinária Juliana Fischer afirma que os olhos são frágeis e qualquer dano pode se tornar irreversível. Os problemas mais comuns relacionados aos cães são os olhos secos, úlceras na córnea e alterações das pálpebras dos bichos.

Um dos problemas mais comuns nos olhos dos cães são as úlceras na córnea

Algumas raças são mais propensas ao problema, como: pug e sharpei (Foto: depositphotos)

Doenças oculares em cães

Segundo a reportagem, existem inclusive raças mais propensas do que outras a contaminações oculares. São elas: Shar Pei, Fila e Chow Chow. A raça Pug sofre com olho seco. Já a Shih-tzu apresenta alteração de pálpebra.

Há ainda aquelas doenças relacionadas à velhice. Os Poodle e Cocker são predispostos a desenvolverem a catarata.

Veja também: Infecções nos olhos dos cães: o que pode ser e como tratar?

Outros animais

Já os gatinhos sofrem mais com doenças infecciosas, como rinotraqueítes, conjuntivites e úlceras na córnea. Outros animais como as aves e os coelhos também podem desenvolver cataratas, clamidiose e tumores oculares. Os hamsters são bastante frágeis e o tutor precisa ter cuidado ao manuseá-lo para não pressionar os olhos.

Vale lembrar que algumas doenças dos bichos podem ser transmitidas para os humanos, como conjuntivite em calopsitas.

Busca por especialista

As doenças nos olhos dos pets podem levar o bichinho à morte, principalmente em casos de infecções. Quando se trata de úlceras, a doença gera muita dor, por isso o tutor deve ficar atento e, ao menor sinal de problemas, procurar um especialista em oftalmologia animal.

Veja também: Como agir em caso de vermelhidão nos olhos do meu dog?

Embora pareça triste, os animais que não possuem mais a visão sofrem menos do que os humanos em uma situação semelhante. Isso graças ao seu tato e faro bem desenvolvidos.

Cuidados com a visão dos pets

Alguns cuidados devem ser tomados para evitar problemas nos olhos dos cães

Evite que o animal coce o rosto devido a algum produto que esteja o incomodando (Foto: depositphotos)

Você deve ter muito cuidado com a visão do seu bichinho. A começar pelos produtos que você passa nele. Evite usar produtos agressivos e dê preferência aqueles específicos para o universo pet.

Não passe perfume ou qualquer outra substância que não seja indicada para o animal, isso pode irritá-lo e fazer com que o mesmo acabe arranhando o rosto e atinja os olhos.

O mesmo vale para acessórios com os quais os animaizinhos não estejam à vontade.

Em caso de briga com outro animal, afaste imediatamente seu bichinho da confusão para evitar machucados no rosto.

Veja também: Remela nos olhos do cachorro: o que pode ser e como tratar?

Sobre o autor

Avatar
Jornalista formada pela Universidade Federal da Paraíba com especialização em Comunicação Empresarial. Passagens pelas redações da BandNews e BandSports, TV Jornal e assessoria de imprensa de órgãos públicos.