, , ,

Vizsla – Saiba tudo sobre esta raça

Hungarian vizsla, braco húngaro ou simplesmente vizsla. Estes são os possíveis nomes para um dos cachorros do grupo esportistas, definido pela American Kennel Club (AKC). Com um corpo forte e resistente, o vizsla foi criado para cumprir duas funções, como apontador de presa (pointer) e como recolhedor da caça (retriever).

Atualmente, é um excelente companheiro para toda a família, mas ainda atua ao lado de caçadores. Com os membros da casa, deve responder igualmente a todos, mas isso só será possível com treinamento envolvendo os “parentes humanos”.

Temperamento e personalidade do vizsla

Com a natureza amigável e gentil, o vizsla é um cachorro muito querido por todos da casa. É ainda protetor, tanto da família como também dos tutores. Se for incentivado, torna-se um cão dedicado, carinhoso e muito lealUma grande característica desta raça é a empolgação para fazer atividades junto ao dono e para agradá-lo.

O vizsla é um cachorro adaptável e que recebe bem os comandos

Com um corpo forte e resistente, o vizsla foi criado para funções de caça (Foto: depositphotos)

Dúvidas recorrentes

1. Quanto custa um vizsla?

Um filhote de vizsla pode custar até R$ 2 mil. E, apesar de ser um pouco difícil de ser encontrado no Brasil, existem alguns canis brasileiros especializados nesta raça. Mas, é sempre importante lembrar que a compra de cães só deve ser feita após conhecer as circunstâncias nas quais se encontram as mães dos filhotes. Infelizmente, alguns canis exploram as fêmeas e deixam os animais viverem em situação desumanas. 

2. Adapta-se em apartamento?

O cão desta raça é muito enérgico e por isso não é indicado para morar em apartamento. Precisa de muito exercício diariamente, uma vez que pertence ao grupo dos esportistas.

3. É um bom companheiro para crianças?

Excelente companheiro para a criançada, pois o vizsla é brincalhão. Contudo, é ainda mais feliz ao ser criado em casas onde há crianças mais velhas.

4. Vizsla late muito?

De acordo com a AKC, este cão só late quando necessário. Portanto, é importante ficar atento aos latidos do cachorro dessa raça, pois pode ser um aviso de que algo estranho está acontecendo.

Veja também: Cachorro latindo muito, o que fazer?

5. Apresenta problema ao ficar sozinho em casa?

Ainda levando em consideração as informações da American Kennel Club, o vizsla gosta e quer fazer parte da família. Assim, detesta ser deixado em casa sozinho. 

6. Tem tendência a soltar muito pelo?

O pelo curto não oferece muito trabalho ao tutor, pois além de ser fácil de escovar não tende a derramar com frequência.

Comportamento do vizsla

Muito do comportamento do braco húngaro é reflexo das funções que ele desempenhava no passado. Por exemplo, o alto nível de energia provém da habilidade de correr atrás da caça logo quando foi criado. Como foram originados para trabalhar ao lado de pessoas, hoje possui uma forte ligação com os tutores.

Além disso, o vizsla é um cachorro adaptável e que recebe bem os comandos. Neste sentido, é possível afirmar que o adestramento é de fácil elaboração com esta raça. Mas para que o cão atenda a todos, sem distinção, é ideal que a família completa participe ativamente dos treinamentos.

Características físicas

Cuidados específicos

Displasia do quadril, tireoidite auto-imune e doença ocular são as doenças que podem atingir a saúde de um vizsla, segundo a AKC. Além destas, é possível dizer que a raça tem tendência a apresentar hemofilia, um distúrbio relacionado a coagulação do sangue, sendo mais frequente em machos.

Veja também: Conheça as 10 raças de cães ‘experts’ em fugir dos tutores

Filhotes

Os filhotes de vizsla podem desenvolver doenças virais com mais facilidade. Isto porque o sistema imunológico nesta fase da vida ainda não está totalmente completo. Por isso, cinomose, parvovirose, coronavirose etc., podem colocar em risco a vida desses pequenos cães.

Outro cuidado importante durante a fase filhote desta raça é a fraqueza genética que está associada a algumas linhagens. Por isso se faz necessário buscar por canis responsáveis e ter a certeza, com laudos médicos, de que os progenitores são saudáveis e estão aptos a gerarem filhotes.

Curiosidades desta raça

Durante a Segunda Guerra Mundial houve um declínio de cães desta raça, chegando a se falar em extermínio do vizsla. Contudo, alguns húngaros conseguiram levar exemplares para outros países, como Estados Unidos e Canadá. Foi a partir de então que o braco húngaro ganhou destaque no mundo todo.

De acordo com uma lista criada pela American Kennel Club, visando elencar as raças mais populares, o vizsla encontra-se no 31º lugar. 

Uma curiosidade desta raça é referente às cores do animal. Tanto a pelagem, como os olhos e o focinho são de cores semelhantes, que se misturam e confundem-se.

Além destas questões, há um fator importante de ser mencionado: existe uma variedade de vizsla de pelo duro. Contudo, ele é ainda mais raro no Brasil que a versão de pelo macio desta mesma raça.

Veja também: As 10 raças de cachorros que adoram correr

Expectativa de vida: 12 a 14 anos. Podendo variar para mais ou menos, dependendo do estilo de vida que o cachorro leva.

Origem do vizsla

Galeria de fotos

(Foto: depositphotos)

(Foto: depositphotos)

(Foto: depositphotos)

(Foto: depositphotos)

(Foto: depositphotos)

(Foto: depositphotos)

Sobre o autor

Avatar
Jornalista (MTB-PE: 6750), formada em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo, pela UniFavip-DeVry, escreve artigos para os mais diversos veículos. Produz um conteúdo original, é atualizada com as noções de SEO e tem versatilidade na produção dos textos.