, , ,

Pointer – Saiba mais sobre esta raça

Criado na Grã-Bretanha, o pointer inglês é uma raça valorizada tanto para a caça como também para servir como um cão de companhia. Conhecido apenas por pointer, o animal tem um forte instinto de trabalho e por isso requer muito exercício de forma diária.

Dotado de um excelente faro e uma audição apurada, este cachorro consegue se exercitar mentalmente sozinho ao seguir rastros. Já quando o assunto é atividades físicas, o dono precisa intervir e guiar o animal em passeios, corridas e/ou brincadeiras.

Temperamento e personalidade do pointer

Trata-se de um cachorro com temperamento uniforme, tranquilo, meigo e dócil. Neste sentido, é indicado para viver com qualquer tipo de família. Unido a esta natureza, o pointer carrega uma personalidade leal, simpática, forte e graciosa. Além disso, a raça é inteligente e tolerante.

O pointer é um cachorro cheio de energia, e é ainda um animal muito ativo e alerta

As funções desta raça são rastrear e localizar a presa (Foto: depositphotos)

Dúvidas recorrentes

1. Quanto custa um pointer?

O filhote de pointer pode custar entre R$ 1 mil a R$ 3 mil. Mas, é sempre importante lembrar que a compra de cães só deve ser feita após conhecer as circunstâncias nas quais se encontram as mães dos filhotes. Infelizmente, alguns canis exploram as fêmeas e deixam os animais viverem em situação desumanas. 

2. Adapta-se em apartamento?

Atleta incansável, o pointer é um cachorro que precisa de muito espaço para viver bem. Caso contrário, pode ficar entediado e destrutivo muito rápido. Por esta razão, não é indicado para viver em apartamento. 

3. É um bom companheiro para crianças?

De acordo com o site da American Kennel Club (AKC), é possível criar um animal desta raça ao lado das crianças pequenas, porém com a supervisão de um adulto. Já com crianças maiores, que possuem níveis de energia semelhantes ao pointer, o peludo se torna um excelente companheiro. 

Veja também: Descubra as espécies de cães mais atletas

4. Pointer late muito?

Ainda segundo as informações da AKC, este cão só late quando é necessário. No geral, é uma raça silenciosa.

5. Apresenta problema ao ficar sozinho em casa?

Por ser um cão muito leal, afeiçoa-se rapidamente à família. Neste sentido, não deve ser deixado em casa sozinho, pois ele sente falta da interação do tutor.

6. Tem tendência a soltar muito pelo?

Mesmo possuindo uma pelagem curta, o cachorro desta raça apresenta uma considerável queda de pelo. Mas nada que uma boa escovação, diversas vezes durante a semana, não resolva. Eliminando não só a camada de pelos mortos, mas deixando a pelagem ainda mais brilhosa.

Comportamento do pointer

Por ser um cachorro cheio de energia, é ainda um animal muito ativo e alerta. Não costuma ser muito territorialista, mas é demasiadamente observador. Em casa apresenta uma boa convivência com crianças, cães e outros animais de estimação, como os gatos.

Quem deseja ter um animal desta raça, precisa arrumar tempo para brincar com ele. Isto porque o pointer gosta de jogar com discos arremessados ou bolinhas. O melhor lugar para se criar este peludo é uma área rural, pois nestes lugares o pet pode ter um vasto espaço para gastar toda a energia que possui.

Veja também: As 5 raças mais dramáticas

Características físicas

 

Cuidados específicos

Levando em consideração as informações da AKC, esta raça pode sofrer de diversos problemas de saúde, como: epilepsia, displasia do quadril e distúrbios oculares. Além dessas, as doenças auto-imunes também são comuns no pointer, a exemplo das alergias cutâneas e do hipotireoidismo. 

Diante desses problemas, o tutor deve estar atento à saúde do pointer antes mesmo de levar um para casa. Muitas das doenças que afetam os sistemas deste animal surgem de forma hereditária, por isso é importante saber da saúde dos pais antes de pegar um filhote.

Check-up é outra maneira de cuidar da saúde do cachorro, uma vez que através desses procedimentos é possível descobrir algumas doenças e tratá-las de forma imediata e com o acompanhamento do veterinário. Desta forma, é mais fácil manter o cachorrinho saudável.

Filhotes

Os filhotes da raça pointer são desajeitados e desde pequenos já possuem o instinto de caça ativo. No geral, são cãezinhos adeptos aos treinamentos e respondem muito bem aos comandos repassados pelo tutor.

Já quando se trata do quesito saúde, o dono precisa estar ainda mais atento. Isto porque, o filhote de pointer não possui o sistema imunológico completo e por isso está suscetível a contrair viroses sérias, como cinome, parvovirose etc. Desta forma, vacinas polivalentes são recomendadas, além de remédios contra verminoses, carrapatos e pulgas.

Veja também: Algumas raças de cachorro que você ainda não conhecia

Curiosidades desta raça

O pointer tem como parentes próximos o braco alemão de pelo curto e o braco alemão de pelo duro. Por esta razão, são três animais semelhantes fisicamente, mas que se diferenciam quanto à personalidade.

Quando sai para caçar com o tutor, as funções desta raça são rastrear e localizar a presa. Próximo do alvo, fica imóvel para que o dono consiga atirar ou capturar a caça.

Expectativa de vida: 12 a 17 anos. Podendo variar para mais ou menos, dependendo do estilo de vida que o cachorro leva.

Origem do pointer

Galeria de fotos

(Foto: Pixabay)

(Foto: Pixabay)

(Foto: depositphotos)

(Foto: depositphotos)

(Foto: depositphotos)

(Foto: depositphotos)

Sobre o autor

Avatar
Jornalista (MTB-PE: 6750), formada em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo, pela UniFavip-DeVry, escreve artigos para os mais diversos veículos. Produz um conteúdo original, é atualizada com as noções de SEO e tem versatilidade na produção dos textos.