, , ,

Komondor – Saiba tudo sobre esta raça

A marca registrada dessa raça é sua pelagem

Criado com o objetivo de pastorear e proteger ovelhas, o komondor está entre as raças mais antigas que existem. Devido a sua função, a raça possui características físicas específicas, como a cor branca e o pelo encordoado. Tais aspectos promovem uma camuflagem nesta raça, quando estão no meio das ovelhas.

De acordo com o PhD em medicina veterinária e autor do livro “Cães”, Bruce Fogle, a aparência inusitada desta raça foi desenvolvida propositalmente. Desta forma, a pelagem serve para “proteção contra dentes e garras de lobos e ursos ao proteger o rebanho”, explica o especialista.

Temperamento e personalidade do komondor

O temperamento do komondor é bastante independente, o que pode fazer com que o adestramento seja difícil para o tutor. Neste sentido, é necessário ser atencioso ao treinamento e muito paciente. Além disso, outra característica da raça é a natureza pouco carinhosa. 

O komondor foi criado com a função de pastorear rebanhos

A marca registrada dessa raça são seus pelos encordoados (Foto: depositphotos)

No entanto, é um cão de personalidade leal, corajosa, digna, protetora e fiel. Ao ser criado com a família, pode criar um vínculo afetivo forte com os “parentes humanos”. Já com visitas ou pessoas estranhas, o cachorro dessa raça pode ser alerta, atento e valente. 

Dúvidas recorrentes

1. Quanto custa um komondor?

Raramente encontrado no Brasil, o komondor é exportado. Um filhote desta raça pode custar em torno de R$ 4 mil. Mas, é sempre importante lembrar que a compra de cães só deve ser feita após conhecer as circunstâncias nas quais se encontram as mães dos filhotes. Infelizmente, alguns canis exploram as fêmeas e deixam os animais viverem em situação desumanas. 

2. Adapta-se em apartamento?

Com um porte gigante e com um nível de energia alto, este cachorro não é apropriado para ser criado em apartamentos. Além de precisarem de espaço para viverem bem, também necessitam de ambientes abertos para gastar todo o vigor.

3. É um bom companheiro para crianças?

De acordo com o site da American Kennel Club (AKC), o komondor é melhor criado ao lado de crianças maiores. Isto porque, o jeito desajeitado do cão, combinado ao porte gigante, pode acabar machucando os pequenos.

Veja também: Descubra quais são as 12 raças de cachorros mais exóticas e raras

4. Komondor late muito?

Ainda segundo as informações da AKC, esta raça só late quando necessário. Portanto, geralmente é um animal silencioso.

5. Apresenta problema ao ficar sozinho em casa?

Quando criado dentro do lar, pode criar um forte vínculo com a família. Sendo assim, acaba sentido-se muito triste ao ser deixado sozinho em casa, o que não é recomendado.

6. Tem tendência a soltar muito pelo? 

Apesar de não ter tendência a soltar pelo, o komondor é um cachorro que apresenta uma pelagem difícil de ser cuidada. O encordoamento precisa de auxílio, pois os pelos podem se transformar em grandes emaranhados.

Comportamento do komondor

O kom, como também pode ser chamado, precisa de espaços abertos para se exercitar. Esta necessidade vem desde a origem da raça, uma vez que esses animais eram criados soltos com as ovelhas. Caso o tutor não tenha como oferecer este espaço, é indicado fazer caminhadas de duas a três vezes por dia.

Em casa, o animal desta raça pode ser vigilante e alerta ao ver a aproximação de estranhos. Por isso, é importante incentivar a socialização desde cedo. Já com animais pequenos, o komondor pode ser implicante.

Características físicas

Cuidados específicos

Displasia do quadril e doenças oculares são alguns dos problemas mais comuns na vida de um komondor. Desta forma, é indicado verificar a saúde dos pais, tendo em vista que doenças assim podem ser hereditárias.

Outro cuidado é com relação a pelagem desse animal, que precisa de uma atenção específica. Tanto o banho como também a secagem precisam ser realizados com paciência, evitando que o cão apresente um odor de mofo e até mesmo problemas cutâneos. 

Filhotes

Os filhotes de komondor apresentam uma pelagem macia, mas que aos poucos vai demonstrando sinais de encordoamento. Nesta fase, é necessário que o tutor auxilie nesse processo, pois caso contrário o animal pode desenvolver emaranhados de pelo.

Além da questão estética, o aspecto saúde também deve receber uma atenção especial. Isto porque, na primeira fase da vida do cachorro ele ainda não possui o sistema imunológico completo, então viroses, como parvovirose e cinomose, podem atingir o animal.

Veja também: Algumas raças de cachorro que você ainda não conhecia

Curiosidades desta raça

O nome komondor significa “pertencente aos cumans”, referente a um povo que invadiu a Hungria no século XVIII.

Caso a pelagem do cachorro não passe por um processo de secagem adequado as suas necessidades, ela deve secar naturalmente em até um dia por completo.

Komondor criado em fazenda é colocado para crescer ao lado das ovelhas para que os filhotes se desenvolvam no próprio local de trabalho.

Expectativa de vida: 10 a 12 anos. Podendo variar para mais ou menos, dependendo do estilo de vida que o cachorro leva.

Origem do komondor

Galeria de fotos

(Foto: depositphotos)

(Foto: depositphotos)

(Foto: depositphotos)

(Foto: depositphotos)

Sobre o autor

Avatar
Jornalista (MTB-PE: 6750), formada em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo, pela UniFavip-DeVry, escreve artigos para os mais diversos veículos. Produz um conteúdo original, é atualizada com as noções de SEO e tem versatilidade na produção dos textos.