, , ,

Galgo escocês (deerhound) – Saiba tudo sobre esta raça

Deerhound é um dos nomes do galgo escocês, raça originária da Escócia e que foi criada para caçar cervos na floresta.

Atualmente, o cão desse tipo é tido como um excelente companheiro para a família. Esta nova atuação do galgo surgiu devido à personalidade delicada e ao temperamento tranquilo que ele possui.

De acordo com a American Kennel Club (AKC), a raça assemelha-se muito fisicamente com o wolfdog irlandês. No entanto, este último apresenta alguns centímetros a mais que o cão escocês.

Apesar das boas características, o deerhound não é um cão para todo tipo de família. Com uma altura que varia de 71 a 81 centímetros e um peso que vai desde 34 a 50 quilos, o cachorro é considerado de porte gigante. Confira a seguir mais detalhes sobre essa raça!

Temperamento e personalidade do galgo escocês

O temperamento do galgo escocês é calmo e equilibrado. Apesar disso, esse cachorro tem tendência a agir de forma independente, o que não o faz desobediente.

Galgo escocês na grama

O galgo escocês é um cachorro de personalidade gentil e temperamento calmo (Foto: depositphotos)

Além disso, pode apresentar-se um pouco reservado com as pessoas, mas aos poucos acaba sendo amigável com estranhos. Já com o pessoal da família, é um animal meigo e afetuoso.

Quando o assunto é a personalidade da raça, é possível dizer que trata-se de um cão gentil, educado e muito inteligente. Ao ver os tutores chegarem em casa, é receptivo e carinhoso.

Indiscutivelmente, o deerhound possui um lado sensível e é essa característica que o faz feliz na companhia das pessoas que ama.

Dúvidas recorrentes

1. Quanto custa um galgo escocês?

Um filhote de galgo escocês pode custar até R$ 6 mil. No Brasil, ainda é muito raro encontrar essa raça para venda.

Mas, é sempre importante lembrar que a compra de cães só deve ser feita após conhecer as circunstâncias nas quais se encontram as mães dos filhotes. Infelizmente, alguns canis exploram as fêmeas e deixam os animais viverem em situações desumanas. 

2. Adapta-se em apartamento?

Quem deseja ter um cachorro desse precisa ter uma casa grande, pois a raça não se acostuma em apartamento. Isso porque, ela precisa de muito exercício e de grandes espaços para gastar parte da energia que possui.

3. É um bom companheiro para crianças?

Crianças são ótimas companheiras para o deerhound, mas as pequenas não devem conviver com o animal sem a supervisão dos adultos.

Pelo porte gigante e a quantidade de energia que possui, o cachorro pode machucar bebês sem ter essa intenção.

4. Galgo escocês late muito?

De acordo com a AKC, essa raça só late quando necessário. Por isso, é considerado um cachorro silencioso.

5. Apresenta problema ao ficar sozinho em casa?

O galgo escocês gosta de estar na presença da família. Sendo assim, não é recomendado deixá-lo só por muito tempo, caso contrário, pode apresentar comportamentos destrutivos.

6. Tem tendência a soltar muito pelo?

A pelagem do deerhound oferece muito trabalho ao tutor, principalmente com relação à grande queda de pelo. Para diminuir essa situação, é importante realizar a escovação diária da pelagem.

Comportamento do galgo escocês

Essa raça nasceu para perseguir animais, por isso que hoje em dia é um cão que não se dá bem com outros pets, como gatos e cães menores.

Apesar disso, pode ser influenciado a se adaptar com a presença de outros animais. Mas, nesse caso, é necessário inciar a socialização entre os cães desde cedo.

O adestramento é fácil com essa raça, mas é necessário pulso firme do tutor. Geralmente, o galgo escocês gosta de agradar ao dono, por isso aprende rápido.

Em casa, é tranquilo, mas ainda no lar precisa de espaços para correr. Ao passear, é importante ficar atento com o cão, pois ele tem tendência à perseguição.

Cuidados específicos

O galgo escocês tem tendência a apresentar timpanismo, condição que provoca torção gástrica. Para evitar este tipo de problema, é recomendado que o cachorro não faça exercícios físicos após ter feito uma refeição.

Além desse problema de saúde, a raça pode sofrer com doenças cardíacasAssim, se você deseja ter um cão desse, procure um criador responsável e certifique-se que a linhagem do filhote é saudável.

Filhotes

Assim como qualquer cachorro, os filhotes de galgo escocês precisam tomar as vacinas polivalentes para ajudar no desenvolvimento do sistema imunológico.

Com esse procedimento, o cachorro fica protegido contra doenças virais sérias a exemplo da cinomose ou parvovirose. 

Outro cuidado é com a socialização desse cachorro, que deve ser iniciada desde cedo. Portanto, comece a adestrar o cachorro assim que ele chegar em casa, indicando os limites do lar e as regras de convivência com humanos e outros animais.

Curiosidades dessa raça

De acordo com a American Kennel Club, essa raça é valiosa porque é rara e possui uma habilidade de caça bem desenvolvida.

Mas, quando está na fase idosa da vida, esse cão pode ficar preguiçoso. Mesmo assim, o tutor deve tentar levar o pet para um passeio.

Outro ponto que merece destaque é com relação a semelhança entre o galgo escocês e wolfdog irlandês. Além dos aspectos físicos, como foi mencionado no início desse artigo, as raças também apresentam características comportamentais parecidas.

Por exemplo, ambos são cães inteligentes, que gostam de perseguição (pois foram feitos para a caça) e são carinhosos com a família.

Expectativa de vida: 8 a 11 anos. Podendo variar para mais ou menos, dependendo do estilo de vida que o cachorro leva.

Origem do galgo escocês

Escócia

Galeria de fotos

(Foto: depositphotos)

(Foto: depositphotos)

(Foto: depositphotos)

(Foto: depositphotos)

(Foto: depositphotos)

Sobre o autor

Avatar
Jornalista (MTB-PE: 6750), formada em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo, pela UniFavip-DeVry, escreve artigos para os mais diversos veículos. Produz um conteúdo original, é atualizada com as noções de SEO e tem versatilidade na produção dos textos.