Pular para o conteúdo

Garoto refugiado conforta cadela ferida após ser atropelada até ajuda chegar

Ao ver a cadela atropelada, o garoto pegou um cobertor para que ela ficasse mais calma e pediu ajuda

Com apenas oito anos de idade, Hüseyin el-Hasan é um dos mais de três milhões de refugiados da guerra na Síria que a Turquia acolheu e mesmo com as diversas dificuldades que já enfrenta mesmo com sua pouca idade, o garoto mostrou recentemente que mesmo assim é possível ter uma grande compaixão dentro de si.

Após ver uma cadela ferida por ter sido atropelada por um veículo nas proximidades da sua casa na cidade de Kilis, o garoto, mesmo ciente de suas limitações, decidiu que faria o que pudesse para ajudar o pobre animal. Ele viu que a cadela estava se tremendo e então foi até sua casa e pegou um cobertor para cobrir seu corpo.

Além disso, o garoto pediu a ajuda de pessoas locais para ligarem para as autoridades que pudessem fazer algo para ajudar a cadela e enquanto não chegavam, ele permaneceu ao lado dela. Algum tempo depois, a ajuda chegou com um veículo para levar a cadela até o veterinário e os dois funcionários elogiaram a atitude altruísta de Hüseyin.

Infelizmente, pouco tempo após ser levada do local, a cadela acabou não resistindo aos ferimentos e morreu, apesar do esforço de todos. A história do garoto rapidamente viralizou, chegando até o prefeito da cidade onde ele vive, que fez questão de ir visitar Hüseyin e fazer uma pequena cerimônia, presenteando o sírio com novos cobertores, repondo os que ele havia dado de bom grado e sem esperar nada em troca e uma medalha pelo seu ato altruísta.

Voltar para o topo