Cão perdido é salvo de ‘corredor da morte’ e volta para família

Max estava sob os cuidados de um amigo da família, que não os avisou que o cão havia fugido

Um abrigo de animais, localizado na Philadelphia, EUA, sacrifica os animais após determinado tempo sem que o pet tenha sido adotado. No dia 10 de janeiro, o grupo de resgate animal Speranza Animal Rescue, tirou do corredor da morte desse abrigo um cãozinho o qual eles apelidaram carinhosamente de Rufus.

Isso só foi possível graças a uma das voluntárias do grupo de resgate, que se dispôs a deixar o cachorro em sua casa temporariamente.

Alguns dias depois, foi feita uma postagem na página do Facebook do grupo de resgate, falando sobre Rufus e para a surpresa dos voluntários, uma família entrou em contato com eles afirmando que aquele era o seu cachorro de estimação e que se chamava Max.

Os familiares entraram em contato com o grupo de resgate animal e explicaram que haviam deixado Max aos cuidados de um amigo e que esse amigo não havia os contado que o cachorro tinha fugido. Eles então marcaram um dia e o local para que Max pudesse voltar para a sua família e o reencontro foi simplesmente emocionante.

Confira: