Após abandonar cão, tutora recebe pena para trabalhar em aterro de lixo

O juiz Michael Cicconeti é famoso por seu jeito único de lidar com os réus que ele julga. Em agosto do ano passado, Alyssa Morrow foi julgada e declarada culpada por crueldade contra animais e negligência por ter abandonado seu cão, o Moose, em uma casa suja e sem comida durante uma semana.

O juiz, que é um grande amante dos animais, ofereceu a Alyssa duas opções, passar 90 dias na cadeia ou abrir mão de Moose e trabalhar na área mais suja e fedida de um aterro de lixo durante uma semana, oito horas por dia. O objetivo dele em ordenar tal pena foi para que ela tivesse a ideia do que o seu cão havia passado. E ela acabou escolhendo ir para o aterro.

Após abandonar cão, tutora é sentenciada a trabalhar em aterro sanitário

Foto: Reprodução/ Life With Dogs

O cachorro, que foi encontrado faminto e com problemas de pele, foi tratado, posto para adoção e, felizmente, foi acolhido por um tutor rapidamente.

Via Life With Dogs

Sobre o autor

Avatar
Jornalista formado em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo (UniFavip-DeVry). Possui experiência prática de dois anos na área de produção de textos para web e social media (MTB/PE: 6771). Atualmente trabalha com produção de conteúdo audiovisual para plataformas digitais, sendo as principais os canais do Remédio Caseiro e do Clube para Cachorros, no YouTube.