Tenha o hábito de fazer exercícios na companhia do seu cão

Além da corrida, a patinação, natação e ciclismo também são alternativas de exercícios em dupla

Ter um cachorro ativo em casa é um motivo a mais para entrar em forma e deixar o sedentarismo no passado. Com práticas simples o tutor pode estimular à própria saúde, promover momentos divertidos para o peludo e estreitar a relação entre ele e seu melhor amigo de patas.

Melhor ainda é quando o pet está em plena forma e ainda pode contar com o incentivo do dono, ficando mais feliz e concentrado.

Para tanto, é necessário elaborar um cronograma de atividades, entre exercícios físicos, esportes ou até mesmo jogos caninos. Com determinados cuidados, o tutor pode se divertir muito com o peludo.

Praticando exercícios com o peludo

Crie o hábito de fazer exercícios na companhia do seu cão e organize um cronograma de atividades

Cães saudáveis e que têm um alto nível de energia adoram correr (Foto: depositphotos)

O tutor que já é ativo e que gosta de praticar exercícios pode colocar o cachorro para realizar alguns deles também. Cães saudáveis e que têm um alto nível de energia adoram correr e se exercitar, por estas razões o incentivo do tutor para a realização de caminhadas ao lado peludo é essencial.

Patinação, natação e ciclismo também são alternativas de atividades físicas ideais para se realizar com o peludo.

Esportes caninos

Agility é um tipo de esporte especialmente feito para cães, mas que para ser realizado é preciso da atuação do tutor. Nele, o animal deve passar por uma série de obstáculos, como entrar em túneis, subir rampas e até pular barreiras. Em todo o percurso é preciso que dono esteja o dirigindo, ganha o pet  que fizer o percurso em menos tempo e sem danificar as provas.

Veja tambémVeterinária dá dicas de exercícios com seu cachorro

Jogos para divertir o peludo

Jogar a bolinha, esconder brinquedos, oferecer jogos inteligentes ou até mesmo ensinar um novo comando ao pet. Estas são opções que podem ser feitas em casa de maneira simples, mas que promovem divertimento para o peludo e colocam a mente do cachorro para trabalhar. Independente da escolha, são alternativas que garantem entretenimento e melhoram a relação entre tutor e cão.

Cuidados essenciais

  • Com relação aos exercícios físicos e os esportes, a melhor opção é esperar que o animal complete um ano para praticá-los com segurança;
  • As atividades físicas devem começar a serem praticadas aos poucos e, com o passar do tempo, irem aumentando de duração;
  • Examinar o peludo antes de praticar exercícios é ideal para garantir a segurança do mesmo, pois algumas atividades muito intensas podem agravar problemas já existentes, como distúrbios nos ossos ou nas articulações do peludo;
  • Verificar as patinhas do cachorro após exercícios físicos é sempre importante para garantir a qualidade de vida do animal;
  • Mesclar os ambientes para realizar as atividades com o pet é uma excelente dica, assim o cachorro terá sempre lugares novos para descobrir.

Veja também: Caminhar e correr com o cachorro faz bem?

Saiba mais:

Motivos para passear com seu cachorro

Sobre o autor

Avatar
Jornalista (MTB-PE: 6750), formada em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo, pela UniFavip-DeVry, escreve artigos para os mais diversos veículos. Produz um conteúdo original, é atualizada com as noções de SEO e tem versatilidade na produção dos textos.