Como fazer massagem nos animais?

Em primeiro lugar a massoterapeuta ensina que durante a massagem o tutor deve respeitar as vontades do cão

Aprender como fazer massagem nos animais vai ajudar os pets a terem uma vida mais saudável e tranquila. Isso é o que garante os especialistas em comportamento animal e os massoterapeutas.

De acordo com a especialista Themis Regina Kogitzki, é importante destacar para os tutores que existem diferenças entre massagens e carinhos. Mas ambos trazem benefícios ao cão.

“Quando eu faço um carinho, […] eu não tenho pressão, eu não tenho ritmo e também não tenho uma orientação. Onde é o melhor ponto, onde eu devo tocar, onde eu não devo”, explica a massoterapeuta em entrevista ao SP no Ar, programa da Rede Record.

Como fazer massagens nos animais?

Em primeiro lugar a massoterapeuta ensina que durante a massagem deve-se respeitar as vontades do cão. “Se o cão não quer ser tocado, a gente não toca. Eu acabo criando uma aversão ao toque.”

Mas de uma maneira geral há algumas dicas de como fazer massagens nos animais. Por exemplo:

1. Começe pela cabeça

A primeira parte que deve ser tocada é a cabeça do cachorro. Para isso é necessário colocá-lo deitado de lado. Em seguida, o tutor pode massagear entre os olhos do cão, fazendo movimentos circulares.

Esse tipo de movimento vai ajudar a relaxar o cachorro e é uma técnica não tão invasiva ao corpo do pet, aos poucos o animal vai ficando confortável com a situação de ser tocado.

2. Bochechas e orelhas

Outra importante dica é fazer os movimentos circulares nas bochechas dos cães. Ainda durante esse movimento o tutor pode alterná-lo com o deslizamento dos dedos no sentido da boca até as orelhas do animal.

Finalmente, esse passo da massagem pode ser concluído com a mão passando pelas orelhas do pet. Na pontinha delas o massagista deve fazer uma leve pressão com as pontas dos dedos.

Veja também: Benefícios da terapia Reiki para os animais

3. Costelas e tronco

Ainda com o cachorro deitado de lado o tutor pode passar as mãos firmes por todo o tronco do animal. Especialmente de cima para baixo e de baixo para cima. Além disso, pode alternar com os dedos entre as costelas do peludinho.

4. Patinhas

As articulações e as patas são partes importantes e que precisam de atenção do tutor durante a massagem. Por isso, pode-se iniciar com movimentos circulares que começam do início da pata até os dedinhos do cão.

Em seguida, pode entrar com o alongamento de cada patinha uma espécie de flexão desses membros. Por fim, com o uso da ponta dos dedos, o tutor deve ir pressionando a patinha do cão de uma extremidade a outra.

Outros pontos importantes da massagem em cães

Além da cabeça, bochechas, orelhas, costelas, troco e patinhas, o tutor pode fazer massagem em outras partes do corpo do cão. Como exemplo pode-se citar o focinho, a barriga, o pescoço e peito do animal.

Com os dedos, o tutor pode pressionar um movimento retilíneo no focinho do cachorro. Já na barriga, a massagem pode ser dedilhada, semelhante a utilizada nas costelas do animal.

No pescoço o tutor pode se usar de técnicas de ritmo e pressão nessa região. Por fim, é indicado massagear o peito do animal. Nessa região recomenda-se movimentos circulares como se nessa área existisse uma bolinha.

Benefícios da massagem em cachorro

Para fazer massagem nos animais é preciso saber dosar a intensidade com o ritmo

Um dos efeitos positivos da massagem é a melhora na circulação dos cães (Foto: depositphotos)

Ainda segundo a massoterapeuta Regina, através dos toques firmes a massagem consegue ativar o sistema sensorial dos cães. “Por isso que é tão importante saber a velocidade que eu estou aplicando. O ritmo da massagem é importante”, ressalta.

Além disso, existem outros benefícios proporcionados pela massagem como o aumento do nível de serotonina. Com a crescente taxa desse neurotransmissor, o cão melhora o humor e o bem-estar.

Veja também: Deixe seu cão relax com uma boa massagem

Outro efeito positivo da massagem é a melhora na circulação dos cães. Essa prática também regula a liberação de adrenalina. Consequentemente, acalma e tranquiliza o pet.

Aliviar as tensões é outro benefício, assim como estreitar a relação entre tutor e cão. Com um momento entre dono e pet, o carinho e o respeito aumentam de forma mútua.

Dicas de como deixar o cachorro relaxado

A massagem no animal serve, sobretudo, para estreitar os laços entre o tutor e o pet

Para evitar ter um cachorro estressado vale apostar em caminhadas e brincadeiras (Foto: depositphotos)

Além de massagear o cão, o tutor deve apostar em outras técnicas que consigam deixar o cachorro relaxado. A massoterapia é uma das tantas dicas que existem mas não a única.

Segundo especialistas, esse tipo de atividade não faz milagre na vida de um cão ansioso, estressado ou com altos níveis de energia. Para melhorar a qualidade de vida desses animais é preciso associar várias técnicas, como:

  • Passear com o cachorro diariamente: É importante que o cão tenha acesso a outros ambientes, contato com animais diferentes e tenha diferentes sensações;
  • Oferecer brinquedos ao cão: Qualquer cachorro precisa ter acesso a estímulos mentais e físicos ao longo do dia, por esta razão é indicado dar brinquedos novos ou até mesmo tirar um tempo do dia para dar atenção ao animal;
  • Ajuda veterinária: Quando os cães estão muito ansiosos, estressados ou hiperativos, a melhor solução é conversar com o veterinário. Aprender como fazer massagem em cachorro não vai ser o suficiente para tratar problemas mais graves e que precisam de auxílio médico.

De acordo com o Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV), a massoterapia deve ser feita por especialistas, principalmente a que tem como objetivo a melhora de algum animal com deficiência física. Contudo, o próprio tutor pode tentar algumas dessas dicas para aprender a fazer massagem nos animais e estimulá-los a gostarem dessa atividade.

Sobre o autor

Avatar
Jornalista (MTB-PE: 6750), formada em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo, pela UniFavip-DeVry, escreve artigos para os mais diversos veículos. Produz um conteúdo original, é atualizada com as noções de SEO e tem versatilidade na produção dos textos.