Como agir em caso de vermelhidão nos olhos do meu dog?

Como agir diante de um caso de vermelhidão nos olhos dos cachorro é uma dúvida recorrente de grande parte dos tutores. Esse quadro é um dos principais sinais clínicos na oftalmologia veterinária. É o que conta o veterinário Arthur de Andrade, da Oftalmo Vet. Ainda segundo o especialista em oftalmologista, olhos vermelhos estão presentes na maioria dos problemas oculares.

Diante disso, é preciso que os tutores fiquem atentos a qualquer sinal de vermelhidão nos olhos do cão. Além disso, para ajudar no diagnóstico do problema é importante observar os demais sintomas que o cachorro possa apresentar.

Entre os casos mais comuns relatados pelos tutores, os olhos vermelhos podem vir acompanhados com febre, inchaço ou remelas. Contudo, coceira e olhos lacrimejando também são alguns dos sintomas secundários.

O que fazer com cachorro que está com o olho vermelho?

Assim como os humanos, os cães também precisam de um cuidado específico com a visão. Dessa forma, a presença de vermelhidão nos olhos requer atendimento médico especializado o quanto antes. Isso porque, a saúde ocular nos animais é necessária para garantir a qualidade de vida aos pets.

Saber como agir em caso de vermelhidão nos olhos do cachorro pode evitar o agravamento do quadro

A primeira coisa a ser feita, em caso de vermelhidão nos olhos do cão, é procurar um veterinário (Foto: depositphotos)

Em outras palavras, o tutor que perceber o olho vermelho do cão deve levá-lo ao veterinário imediatamente. Um veterinário geral, juntamente com um oftalmologista, pode identificar o real problema. Após exames laboratoriais e o histórico apresentado pelo dono, é possível concluir qual tipo de doença o cão apresenta e qual a melhor forma de tratamento.

Contudo, enquanto o veterinário não possa ser acionado, é indicado tomar algumas precauções em casa. Por exemplo: limpar os olhos vermelhos do cachorro com soro fisiológico e gaze, não permitir que o cão coce a região ocular com as patas e nem que ele esfregue o focinho em alguma superfície.

Em todo caso, nenhum dos cuidados anteriores substitui o atendimento veterinário. Apenas um profissional da área de saúde animal está apto para reconhecer o problema que provocou o vermelhidão nos olhos do cão. Nesse caso, as técnicas servem apenas para amenizar a situação enquanto o atendimento não ocorre.

Veja também: Infecções nos olhos dos cães: o que pode ser e como tratar?

Cachorro está com vermelhidão nos olhos: o que pode ser?

De acordo com o veterinário e oftalmologista, Thiago Ferreira, há um imenso grupo de doenças infecciosas oculares que manifestam seus sinais através da uveíte. “A uveíte é a inflamação da camada vascular do olho, nesta está incluída a íris, que é a parte colorida”, explica o médico em seu site.

Ainda segundo o profissional, entre os possíveis sinais apresentados pela uveíte estão: vermelhidão ao redor dos olhos, alterações de cor na íris (parte colorida do olho), lacrimejamento em excesso e até mesmo sangramento dentro dos olhos. Dentro dos sintomas, ainda está incluso a cegueira.

Portanto, as possíveis infecções que podem provocar a uveíte são: erliquiose e babesiose (doenças do carrapato), hepatite canina, piometra e cinomose. Tumores, catarata e traumas são outros problemas que podem causar a uveíte, segundo o veterinário Thiago.

Contudo, essas não são as únicas razões para explicar a vermelhidão nos olhos do cão. Por meio de exames e do quadro clínico do animal, é possível definir o problema exato.

Cachorro com olho vermelho e remelando

De acordo com veterinários, o olho vermelho pode vir acompanhado de remela e coceira. Caso isso ocorra, o cão pode estar apresentando um quadro de ceratoconjuntivite seca.

Mais conhecida como olho seco, essa patologia é muito comum em cães, porém poucas pessoas têm conhecimento sobre a mesma. Segundo o veterinário Jerônimo Ribeiro, alguns animais apresentam esse problema com mais frequência, como shih tzu e pug. Isso porque os olhos dessas raças são muito proeminentes.

“O olho seco é normalmente chamado de conjuntivite bacteriana pelo clínico geral por apresentar hiperemia da conjuntiva bulbar e secreção purulenta. No entanto, não necessariamente a secreção apresentada está relacionada a infecção e sim a falta ou desequilíbrio dos componentes da lágrima”, informa o também oftalmologista Galúber Tasso da Oftalmo Vet.

Veja também: Por que os cães saem com olhos verdes nas fotos?

Um sinal típico de que o cão pode estar com problema nos olhos é a quantidade de limpeza feita por dia. Por exemplo, segundo os veterinários, a remela normal só deve ser retirada apenas uma vez por dia. Mais do que isso, é importante a consulta médica.

Olhos vermelhos e coçando

Alergias são causas possíveis para o vermelhidão e a coceira nos olhos dos animais. Isso porque, cachorros podem ser alérgicos a diversos produtos, como os de limpeza ou da própria higienização do animal. Por exemplo, o shampoo dos cães podem cair no olho desses animais e causar uma irritação.

Cachorro com o olho vermelho, vomitando e febre

A presença de vômito em um quadro de vermelhidão nos olhos pode indicar um problema grave no animal. A cinomose é um exemplo disso, pois trata-se de uma virose que acomete vários sistemas do organismo canino.

A princípio pode afetar o sistema digestivo, mas pode avançar e causar desordens no sistema nervoso do cão. Portanto, o médico veterinário deve ser consultado com urgência em casos com essas especificações.

Quais outros sinais indicam problemas oculares nos cães?

Casos de vermelhidão nos olhos do cachorro pode ser desde alergia a uma condição mais grave

O coçar excessivo dos olhos pode indicar que o cachorro está sentindo algum incômodo (Foto: depositphotos)

Além da vermelhidão nos olhos dos cães, esses animais podem apresentar sinais comuns na região ocular que podem indicar um problema sério de saúde. De acordo com o oftalmologista Arthur de Andrade, os demais sintomas são:

  • Pisca os olhos excessivamente: Chamado de blefaroespasmo, esse problema condiz com o ato de piscar os olhos constantemente. É um sinal de que algo está incomodado o cão ou de dor, e o tutor precisa estar atento para o que deve ser;
  • Produção excessiva de lágrimas: Alguns cães apresentam mais que outros e justamente eles possuem um olho mais proeminente. Isso significa dizer que cães com olhos mais expostos podem sofrer mais com essa condição. Por exemplo, shih tzu, pug, boxer etc;
  • Aumento do globo ocular: Situação muito comum em cães que apresentam glaucoma;
  • Excesso de secreção: É preciso muita atenção quando o cão apresenta muita sujidade no olho. O correto mesmo é limpar as remelas uma vez por dia, mais do que isso o médico deve ser consultado. Como já visto, o excesso de secreção associado ao olho vermelho pode indicar problemas de saúde graves;
  • Perda ou dificuldade de visão: Por fim, o oftalmologista Arthur alerta para um sinal preocupante, a perda de visão. Ela pode iniciar aos poucos ou ser repentina. De qualquer maneira, o médico veterinário deve ser consultado com urgência.

Veja também: Remela nos olhos do cachorro: o que pode ser e como tratar?

Sobre o autor

Avatar
Jornalista (MTB-PE: 6750), formada em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo, pela UniFavip-DeVry, escreve artigos para os mais diversos veículos. Produz um conteúdo original, é atualizada com as noções de SEO e tem versatilidade na produção dos textos.