,

Cães precisam escovar os dentes. Descubra o porquê

A escovação está para os cães, assim como está para os humanos. É através dela que é possível prevenir doenças dentárias e outros problemas de saúde

A aproximação entre cachorro e tutor resultou em melhores condições de vida para ambos. Enquanto que os cães conseguem proporcionar uma vida mais feliz para seus donos, estes últimos, por sua vez, passaram a cuidar ainda mais da saúde de seus animais, tendo em vista que agora estão mais por dentro do que se passa no organismo dos pets.

Um exemplo claro dessa situação é que agora as clínicas veterinárias recebem cada vez mais animais com problemas dentários. Tudo isso graças ao primeiro sintoma comum que pode ser percebido pelos tutores, isto é, o mau hálito dos cães. Desta forma, de acordo com a empresa multinacional de saúde animal, Zoetis, pesquisas mostram que 85% dos cachorros com mais de 1 ano apresentam algum problema nos dentes.

Assim, quando os animais apresentam este problema é preciso que os tutores busquem ajuda veterinária o quanto antes e passem a adotar alguns hábitos simples como a escovação de dentes nos cães. A prevenção aliada ao tratamento são duas formas fáceis para combater as doenças dentárias e as possíveis dificuldades secundárias.

Cães precisam escovar os dentes. Descubra o porquê

Foto: depositphotos

Qual a importância de escovar os dentes dos cães?

A escovação está para os cães, assim como está para os humanos. Por exemplo, é através dela que é possível prevenir doenças dentárias e outros problemas de saúde que podem surgir por consequência, como explica o veterinário e proprietário do DentistaVet, Marco Leon. “Quando a gente se preocupa com saúde oral, a gente evita que bactérias caiam na circulação e sigam para rins, fígado e coração. O que quer dizer, na verdade, que quando a gente cuida da saúde oral, a gente tá aumentando a expectativa de vida deles”, explica o médico.

Desta forma, a ausência da escovação pode fazer com que os cães desenvolvam não só o mau hálito, mas também dor e incômodo. “Quando o cachorro está com algum problema na boca, é comum apresentar gengiva avermelhada, inchada e dolorida (gengivite), cálculo (tártaro), perda de dentes e dificuldade para comer. Muitas vezes, essas alterações são consideradas ‘normais’ ou toleráveis para determinada espécie ou para certa idade, o que é um grande erro”, explica o gerente técnico de animais de companhia da Zoetis, Alexandre Merlo.

Sendo assim, é ideal escovar os dentes dos cachorros diariamente. Para isso, é necessário ter em mãos uma escova específica para cães ou então uma infantil, por esta conter cerdas macias e não machucar as gengivas dos animais. Além disso, é essencial buscar ajuda veterinária, para eliminar os possíveis problemas que já se formaram.

Problemas dentários em cachorros

Após a alimentação é comum que se forme nos dentes dos cães uma placa bacteriana. Mas, com o passar do tempo, esta placa endurece e transforma-se em cálculo, também conhecido como tártaro. Neste estágio, não é possível mais eliminá-lo do dente usando apenas o método da escovação. Portanto, o ideal é escovar os dentes dos cachorros com o intuito de eliminar a placa bacteriana.

Caso o animal já esteja com o tártaro, o veterinário precisa ser acionado. Isto porque, as bactérias presentes nos dentes podem se alastrar pelo corpo através da corrente sanguínea, assim podem surgir doenças mais graves como infecções no coração, rins, fígados e sistema nervoso. “Por isso, é sempre recomendável fazer visitas regulares ao veterinário. Quando o cão passa pelo tratamento de limpeza bucal, sua qualidade de vida melhora”, finaliza Alexandre.