,

Personalidade e comportamento do pequinês: 19 fatos importantes

personalidade e comportamento do pequinês são informações importantes para quem quer um cão dessa raça. No entanto, poucos sabem sobre essas características do pet. Então, se você está interessado no pequinês confira o que dizem os especialistas.

Por exemplo, de acordo com o escritor especializado em animais de estimação, David Alderton, o pequinês é um cão teimoso. Já para a American Kennel Club (AKC), a raça é independente e dócil. E de uma maneira geral, trata-se de um cachorro corajoso.

Mas, será que apenas essas características determinam personalidade e comportamento do pequinês? Para responder essa pergunta, fomos atrás de mais informações sobre esse cachorrinho. Descobrimos 19 fatos sobre o temperamento dessa raça.

Além disso, você pode conferir outros dados sobre o pequinês, como: a fase filhote, o preço da raça e as possíveis cores do cãozinho.

Personalidade e comportamento do pequinês: 19 fatos

Cachorro da raça pequinês

Essa raça é considerada barulhenta, por isso serve como cão de alarme (Foto: depositphotos)

  • Dócil
  • Forte
  • Determinado
  • Corajoso
  • Confiante
  • Independente
  • Teimoso
  • Digno
  • Carinhoso
  • Ousado
  • Inteligente
  • Barulhento
  • Calmo
  • Doce
  • Leal
  • Alegre
  • Indiferente
  • Alerta
  • Companheiro

Dócil

A raça foi criada especialmente para atender as necessidades da corte chinesa. Pois o pequinês servia de companhia para as cortesãs da China. Por ser muito pequeno cabia na manga dos vestidos de suas tutoras, por isso também era chamado de “cão de manga”.

Veja tambémPequinês – Saiba tudo sobre esta raça

Forte

Quando se trata da característica forte não estamos falando fisicamente, mas sim sobre personalidade. Essa raça, apesar de pequena, possui um temperamento poderoso.

Determinado

Devido a personalidade forte, a raça também é considerada determinada. Inclusive, isso pode resultar na dificuldade durante o adestramento. Assim, é mais indicado usar técnicas de reforço positivo para treinar o cão.

Corajoso

Por ser determinado, o pequinês é caracterizado como corajoso. Isso faz com que o cãozinho não tenha medo de nada e esqueça o pequeno porte do seu corpo.

Confiante

Além disso, a raça vai enfrentar qualquer possível inimigo. Com a autoconfiança ele atravessa situações perigosas e animais bem maiores que ele.

Independente

De acordo com o padrão dessa raça definida pela Confederação Brasileira de Cinofilia (CBKC), o temperamento e comportamento do pequinês é indiferente. No entanto, não é aceito cachorro tímido ou agressivo.

Teimoso

A teimosia do pequinês é o resultado da associação de outras características. Por exemplo, unindo a personalidade forte, a determinação, a coragem, a confiança e a independência, tem-se um cão teimoso. Contudo, essa característica pode ser aprimorada com um treino firme e de recompensa.

Digno

A própria historicidade da raça é nobre, pois desde a sua criação que frequenta palácios. Nesse sentido, tem um comportamento digno e honrado.

Carinhoso

De acordo com a AKC, esse cãozinho age de forma carinhosa com as pessoas da família. No entanto, é comum que ele desenvolva um vínculo estreito com ser humano favorito dentro da casa.

Ousado

A ousadia da raça está em não perceber os seus 23 centímetros e encarar animais bem maiores que isso. Com coragem, a raça ultrapassa os limites que seu tamanho impõe.

Inteligente

Segundo a AKC, o pequinês é um cão inteligente. Nesse sentido, você deve usar essa característica a seu favor durante o adestramento. E assim, evitar a teimosia.

Barulhento

Uma característica importante do pequinês e que deve ser ressaltada é o gosto por latidos. Por isso, a raça é considerada barulhenta. Além disso, ainda levando em consideração essa informação, trata-se de um animal que serve como cão de alarme.

Calmo

Mesmo sendo um cachorro barulhento, o pequinês também tem um lado calmo. Na companhia do tutor é um cão tranquilo.

Doce

Também pode ser considerado doce, uma vez que se afeiçoa rapidamente com as pessoas da casa. No entanto, não é recomendado para viver com crianças muito pequenas sem a supervisão de um adulto. Por ser um cão pequeno, pode acabar se machucando com as brincadeiras dos menores.

Leal

De acordo com David Alderton, no livro “Cães” da Quarto Editora, esse animal é ideal para donos mais velhos. E eles, com certeza, vão saber reconhecer e apreciar a lealdade da raça.

Alegre

A carinha de turrão engana muitas pessoas. Apesar de ser reservado com pessoas estranhas, é um amigo alegre com a família e os conhecidos.

Indiferente

Mesmo sendo um cão alegre, essa raça também pode agir com indiferença em certos casos. Trata-se de um cachorro com amizades seletivas, não são todos que conseguem espaço no coração de um pequinês.

Alerta

“Sempre alertas, eles são bons cães de guarda“, destaca a American Kennel Club. Isso porque, eles latem para avisar quando pessoas estranhas estão se aproximando.

Veja também: Nomes para cachorros pequenos

Companheiro

Por fim, mas muito importante de destacar, o pequinês é um excelente companheiro. Ele vai estar presente em todos os momentos, sejam eles tristes ou alegres. Um verdadeiro amigo para todas as horas.

Outras informações e características importantes

Mesmo entendendo sobre os aspectos do temperamento do pequinês, é importante ficar por dentro de outras informações. Por exemplo, como cuidar de um pequinês filhote? Ou qual o valor que essa raça pode custar? Além de entender as possíveis cores desse animal.

Cachorro pequinês filhote

Antes de mais nada, o tutor que tem um cachorro pequinês filhote precisa preocupar-se com o fortalecimento do sistema imunológico do animal. Para isso, é preciso estabelecer um calendário de vacinas polivalentes junto ao veterinário. Com essa atitude, evita-se doenças virais como cinomose.

Além do período da vacinação, o veterinário também deve criar uma agenda de vermifugação. Também se faz necessário o cuidado com ectoparasitas, como carrapatos e pulgas.

Dupla de pequinês

O pequinês pode ser de todas as cores, sendo as mais comuns: a branca, a preta e a marrom (Foto: depositphotos)

Outro tópico importante na fase filhote de um pequinês é a questão de treinamento. O cachorro precisa ser adestrado desde cedo, para evitar problemas comportamentais no futuro.

Qual preço dessa raça?

Dependendo do vendedor, o pequinês filhote pode custar entre R$ 1.500 a R$ 3 mil. Essa variação existe pois há criadores independentes e os canis especializados.

No entanto, é importante ressaltar a importância da adoção. Isso porque, alguns criadores e canis exploram animais para procriarem e assim lucrarem com seus filhotes. Com a adoção você não corre esse risco. Pelo contrário, só vai estar salvando uma vida.

Cores do pequinês

O pequinês pode ser de todas as cores possíveis. Contudo, de acordo com a CBKC, não são aceitos os albinos ou cor de fígado. Mesmo assim, os mais comuns são branco, preto e marrom.

Pequinês: ter ou não ter um?

Sabendo sobre personalidade e comportamento do pequinês fica mais fácil decidir se o animal combina ou não com seu estilo de vida. Para isso, características como dócil, corajoso, independente e teimoso precisam ser levadas em consideração na decisão final.

Além disso, é preciso ter tempo para dedicar-se a juba dessa raça, evitando nós na pelagem. Dessa forma, você oferece qualidade de vida para o animal e ele vai viver ainda mais feliz ao seu lado.

Sobre o autor

Avatar
Jornalista (MTB-PE: 6750), formada em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo, pela UniFavip-DeVry, escreve artigos para os mais diversos veículos. Produz um conteúdo original, é atualizada com as noções de SEO e tem versatilidade na produção dos textos.