,

Dogo argentino: 13 fatos sobre personalidade e comportamento

Saber sobre personalidade e comportamento do dogo argentino é primordial quando se quer ter um. Por essa razão, é essencial fazer uma pesquisa sobre a raça antes de decidir ter ou não um cachorro desse tipo.

Desde filhote até a fase adulta, o cachorro passa por diversas transformações tanto físicas como relacionadas ao temperamento. Sendo assim, se você deseja procurar um canil especializado no dogo, antes de mais nada é bom estudar se o jeito do cachorro combina com o seu estilo de vida.

Então, é necessário levar em consideração que esse cachorro não se satisfaz com uma pequena caminhada por dia. Por exemplo, antigamente a caçada de javali com dogo argentino era uma atividade comum. Por essa razão, o cão da raça precisa de muito exercício diário.

Mas além dessas informações, você pode entender um pouco mais sobre a raça lendo “Dogo argentino: 13 fatos sobre personalidade e comportamento”. Nesse artigo você encontra ainda dicas de como cuidar desse cão e histórias sobre o passado da raça “hermana”.

Dogo argentino personalidade e comportamento

Cachorro da raça dogo argentino parado na rua

A raça com cara de poucos amigos tem na verdade um coração bondoso (Foto: depositphotos)

  • Amigável
  • Alegre
  • Bondoso
  • Forte
  • Inteligente
  • Atlético
  • Energético
  • Ágil
  • Leal
  • Farejador
  • Valente
  • Silencioso
  • Rústico

Veja também: Raças de cachorros que possuem pelo curto

Amigável

A estrutura física do cachorro musculosa e o focinho de durão lembram o pit bull, por isso o cão pode até assustar. No entanto, o dogo argentino é bastante amigável com a família e as pessoas conhecidas da casa.

Alegre

De acordo com a American Kennel Club (AKC), a alegria é um sentimento natural dessa raça. Por isso é comum que a raça seja vista sempre em festa, se divertindo ao lado do dono e de todos que ele gosta.

Bondoso

Além disso, a raça com cara de poucos amigos é na verdade um cão de coração bondoso. Tanto que é uma boa opção para casas com crianças, pois é um animal de boa índole e paciente com os pequenos humanos.

Forte

A estrutura física desse cachorro é forte e isso significa dizer que ele também é um cão de muita resistência. Por isso, ele não só suporta bastante exercício físico como precisa desses estímulos durante o dia.

Inteligente

Mesmo não estando entre as 10 raças mais inteligentes citadas pelo especialista em comportamento canino, Staney Coren no livro “A inteligência dos cães”, o dogo argentino tem um desenvolvimento mental diferenciado.

Atlético

Como o dogo é um cão atlético, ele precisa de exercícios físicos constantes. Para isso, a American Kennel Club recomenda algumas atividades, como jogos no quintal cercado de preferência ou caminhadas ao longo do dia. Entre os jogos preferidos dessa raça estão esconde-esconde ou perseguindo a bolinha.

Energético

Além de atlética, a raça também é energética. Por isso, ela precisa de atenção do tutor com relação as atividades para diminuir o nível de energia que ela possui. Nadar, caminhar, recuperar bolas ou discos são algumas dicas para gastar a disposição do cão.

Ágil

Outra característica do comportamento do cão é a agilidade. Isso significa dizer que a raça é muito utilizada para para esportes de cães como agility, obediência e rally.

Leal

De acordo com a Confederação Brasileira de Cinofilia (CBKC), o dogo argentino deve se entregar ao tutor incondicionalmente e sem reservas. Sendo assim, trata-se de um cão de extrema lealdade para com a família.

Farejador

Uma característica típica do comportamento dessa raça é a ânsia por farejar tudo o que está ao seu alcance. Nesse sentido, é importante manter o cão é um lugar cercado, para evitar que ele fuja seguindo algum rastro.

Veja também: Coisas que os cães detectam através do faro

Valente

Apesar do coração bondoso com a família, o dogo argentino é um valente quando o assunto se trata de ameaças. Protetor do jeito que é, não teme nada para defender as pessoas que gosta e o próprio território.

Silencioso

Ainda segundo a CBKC, o comportamento mais aceitável dessa raça é o silencioso, principalmente quando ele está trabalhando em uma caça. Nesse sentido, é um cão que raramente late durante todo o dia.

Rústico

A qualidade rústica atribuída ao dogo argentino é devido ao ambiente onde ele se sente mais confortável: a fazenda. Isso porque o cachorro precisa de espaço para se exercitar e gastar a energia que possui.

Outras informações e características importantes

Apesar do porte grande, essa raça é considerada longeva, levando em consideração os cães de mesmo porte. Por exemplo, segundo informações da American Kennel Club o dogo argentino tem uma expectativa de vida que varia entre 9 a 15 anos. 

Então, para que o cachorro consiga viver mais tempo e você possa oferecer mais qualidade de vida ao cão, é preciso saber cuidar do animal. Para isso, você tem que saber quais são as necessidades do cão ao longo da vida.

Dogo argentino deitado

O dogo argentino deve ser todo branco (Foto: depositphotos)

Dogo argentino filhote

Assim como todo filhote, o dogo argentino também precisa passar por uma bateria de exames logo após o desmame. Em seguida, com todas as taxas equilibradas, o veterinário deve aplicara primeira dose da vacina polivalente.

Esse tipo de procedimento é indicado para evitar problemas de saúde causados por vírus como cinomose, parvovirose, hepatite etc. Mas, além da vacina, o cãozinho vai precisar também de remédios contra verme, carrapatos e pulgas.

Como cuidar desse cachorro?

Com o passar do tempo, o organismo do cachorro vai ficando mais forte, mas mesmo assim os cuidados com o filhote precisam ser fortalecidos na fase adulta. Além desses, é importante ainda que o cachorro esteja sempre em contato com um veterinário.

Pelo menos uma vez por ano o cachorro deve ser levado ao veterinário para realizar um check up. Assim, qualquer problema que surgir pode ser descoberto a tempo de ser tratado e o animal tem mais chances de se recuperar.

Veja também: Cães de guarda – Principais raças para proteção

Existe dogo argentino preto?

Para a American Kennel Club, o dogo argentino deve ser todo branco. No entanto, é aceitável que ele tenha uma mancha preta na parte superior do olho, mas que não deve ultrapassar de 10% da cabeça do cachorro.

Caçada de javali com essa raça

Desde que foi criado, o dogo argentino servia para ser usado em caças. “Sua fortaleza, tenacidade, olfato e valentia o fazem inigualável dentre os cães de matilha para a caça de javalis, pecaris, pumas e outras espécies predadoras da agricultura e de criações de gado que habitam as vastas e heterogêneas regiões do território argentino”, explica a CBKC.

Dogo argentino: ter ou não ter um cachorro dessa raça?

Pronto, agora você sabe sobre a personalidade e comportamento do dogo argentino. Com isso, sabe também que a raça é amigável, alegre, bondosa e forte. Diante desse temperamento, você pode escolher se é ideal criar um filhote desse cachorro ou não.

Levando em consideração que é um cão ideal para caçada de javali, que precisa de muito exercício físico e que deve ser criado em uma casa com grandes espaços abertos, você consegue avaliar se ele é ideal para sua família. E assim, procurar um canil para encontrar um cão desse.

Sobre o autor

Avatar
Jornalista (MTB-PE: 6750), formada em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo, pela UniFavip-DeVry, escreve artigos para os mais diversos veículos. Produz um conteúdo original, é atualizada com as noções de SEO e tem versatilidade na produção dos textos.