Conheça os efeitos nocivos da punição agressiva

Entenda o porquê dessa atitude não ser indicada

É normal querer reprimir as atitudes do cachorro com punições e castigos. Mas saiba que essa atitude nem sempre funciona da forma que se espera. Isso pode acabar saindo como um tiro pela culatra e acabar estimulando ainda mais o mau comportamento do canino.

Toda vez que o tutor parar o que estiver fazendo para recriminar o animal, seja dando bronca ou pondo-o de castigo, isso acaba sendo uma forma do cão receber atenção, ainda que negativa. Os cachorros associam as coisas muito rapidamente e são muito sociais; eles suplicam atenção.

Irão perceber que sempre que fazem determinada coisa ganham uns segundinhos dos olhares do tutor só para ele. A punição terá o efeito contrário e o cão acabará repetindo ainda mais tal ato.

Riscos da punição severa

Se você punir seu animal de forma muito severa e bruta, existe a possibilidade dele atacar alguém que estiver próximo. Alguns cães levam bronca sempre que latem para visitas, por exemplo. Mas dependendo da forma como isso acontece, pode estimular que ele fique perigoso e imprevisível.

Um dos efeitos nocivos da punição agressiva em cães é ver o tutor como ameaça

É importante saber como reprimir comportamentos inadequados (Foto: depositphotos)

Por exemplo, se ele late sempre que alguém chega e, por isso, recebe reclamação, pode chegar ao ponto dele, simplesmente, parar de rosnar e partir logo para o ataque, sem nenhum aviso prévio.

O ato de rosnar serve como um aviso de que o cão está incomodado com algo. Não faz sentido puni-lo apenas por ele estar avisando. A maneira correta de lidar com essa situação é enfrentando a maneira como o cão se sente em relação à outra pessoa ou animal o qual o perturba. Castigá-lo não é a melhor maneira de fazer isso.

Veja também: Saiba o que fazer para um cão ‘bagunceiro’ te dar tranquilidade

Punição torna o cão mais agressivo

A punição não ensina nada ao cão, só o torna agressivo ou inseguro. Isso também pode ser algo que enfraqueça a relação dono-animal, visto que o cachorro pode começar a ver o tutor como algo ameaçador e passar a sentir medo dele.

A melhor maneira de lidar com maus comportamentos é ensinar o cão o que é certo e errado a se fazer. Para isso, use recompensas, elogios, clicker e o mais essencial de tudo: muito carinho e paciência.

Veja tambémCachorros não se sentem culpados quando aprontam!