12 maneiras do seu cão demonstrar amor

Já parou para pensar quais são as maneiras do seu cão demonstrar amor? É claro que a relação entre cães e humanos tem se tornado cada vez mais intensa e carinhosa.

Contudo, com toda a correria do dia a dia, os tutores acabam não percebendo as demonstrações de carinho dos cães. Pensando nisso, o Clube para Cachorros resolveu listar 12 formas do cão mostrar que ama o dono.

Maneiras do cão demonstrar amor

1. Lamber seu rosto

Lamber o rosto é uma demonstração de carinho do cão para com você. Além de demonstrar os bons sentimentos, essa atitude denota toda a submissão do pet.

Lamber o rosto do tutor é uma das maneiras que o cão tem de demonstrar amor

O ato de lamber entre mãe e filhote é uma forma de mostrar o amor entre eles (Foto: depositphotos)

Vale ressaltar também que as lambidas são mecanismos de sociabilidade dos animais desde filhotes. Na relação entre mãe e filhote, o ato de lamber um ao outro era uma forma de mostrar o amor entre eles.

2. Seguir você para todos os lados

Outro sinal comum que prova o amor do cão é seguir você por todos os lados. Por gostar da presença do humano, o cachorro vira uma espécie de “sombra”. Para todos os lados que você for, o cão vai atrás.

3.Balançar o rabo

Esse tipo de atitude do cão é a mais conhecida pelos tutores. Todo mundo acredita que o rabo balançando é um sinal de amor. A verdade é que sim, mas ele precisa estar acompanhado de outros sinais.

Segundo o veterinário Marty Becker e a autora especialista em cães Gina Spadafori, o cão deve estar relaxado. Além de balançar o rabo, o animal precisa estar “sorrindo” e com a cauda em uma posição mais baixa.

Veja também: Amor entre cão e ser humano ocorre no contato visual, diz estudo

De uma forma geral, o balançar do rabo simboliza alegria e agitação. Esse sinal ocorre com frequência após o cão ouvir sua voz, vê-lo chegar ou durante brincadeiras juntos.

4. Pular ao ver você chegar

“Quando os cachorros saúdam uns aos outros, eles inspecionam os lugares onde o cheiro é mais forte: a boca, os genitais e a região anal, que abriga algumas glândulas potentes produtoras de odores”, explicam Becker e Spadafori no livro “Cão que Ladra Não Morde?”

Por esta mesma razão, quando você chega em casa o cão busca cheirar entre suas pernas e até mesmo pula em você. Essas são formas de lhe cumprimentar e uma maneira de dizer “que bom que você chegou.”

Mesmo sendo uma característica de demonstração de afeto, alguns tutores preferem que os cães não pulem. Isso porque pode incomodar visitas. Nesses casos, é necessário buscar o adestramento correto para inibir esse comportamento.

5. Brincar com você

Quando o cachorro brinca com você ele está demonstrando seu amor

Quanto mais brincadeiras, melhor será a sua relação com o seu cãozinho (Foto: depositphotos)

As brincadeiras são maneiras de aumentar a relação entre você e o seu cão. Mesmo que essas atividades ajudem a gastar a energia do cão, elas também fortalecem a amizade que existe entre vocês dois.

E quanto mais você diversificar nas brincadeiras, melhor será a sua relação com o seu cãozinho. No entanto, tente preservar as que o pet  mais gosta, sem deixar de lado o novo.

6. Sorrir

Boca semiaberta, respiração ofegante, rabo balançando e agitação. Esses são os sinais que comprovam a risada do cãozinho. E quando ele faz tudo isso para você, pode ter certeza que ele gosta muito da sua presença.

7. Estar ao seu lado na doença

É bem verdade que os cães têm uma intensa sensibilidade. Com isso, eles conseguem perceber quando alguém que ele gosta está precisando da sua companhia.

Por isso que é bastante comum ouvir relatos de que o cão fica mais próximo das pessoas quando elas estão doentes. Atenção, amor e lealdade são representados por essa atitude. 

Veja também: Você sabia? Ter um cão em casa pode deixar seu coração mais saudável

8. Fazer as necessidades na sua frente

Há duas formas do cão demostrar respeito e carinho pelo tutor através do xixi. A primeira delas é estar tão entusiasmado com a presença do tutor, que acabou de chegar, que não consegue controlar a bexiga.

Já no caso da segunda forma, é através da micção submissa. “Esse comportamento é relativamente comum nos cães jovens, acanhados e de natureza dócil”, ressaltam Becker e Spadafori.

Mesmo assim, essas situações não são tão confortáveis para nenhum dos lados. Por isso, é indicado que você busque ensinar ao cão como devem ser feitas as necessidades. Para que dessa forma a relação entre vocês seja ainda mais forte.

9. Ficar perto quando o dono está triste

Além de todas essas demonstrações de amor com você, o cão ainda pode escolher ficar por perto mesmo quando você estiver triste. Inclusive, esse tipo de atitude comprova o cuidado que o cão também tem para com os humanos.

10. Dormir perto ou na sua cama

Quando o cachorro dorme próximo a você é uma demonstração clara de amor

O cão pode dormir próximo e na sua presença com a barriga para cima (Foto: depositphotos)

Apesar de alguns tutores acreditarem que o cão dorme na cama por interesse, essa situação ocorre porque ele realmente gosta de ficar próximo a você.

Além disso, o cão pode dormir próximo e na sua presença com a barriga para cima. De fato, essa atitude comprova que o cachorro se sente confiante e seguro perto de você.

11. Latir ao ver você chegar

Em primeiro lugar, é importante ressaltar que o latido pode significar muitas informações, por exemplo: o cão pode estar estressado, com medo, latir em alerta ou até mesmo porque está entediado.

Contudo, ao ver você chegar o cão pode emitir latido de boas-vindas. Portanto, para diferenciá-lo dos demais, você precisa saber se o latido está acompanhado de rabo balançando, agitação e um grande sorriso.

Veja também: Cachorros sabem diferenciar se o sorriso é de raiva ou de alegria

12. Mostrar-se leal

Por fim, mostra-se leal é uma das 12 maneiras do seu cão demonstrar amor. Isso porque, independentemente de como você está o cão estará ao seu lado. Assim como no trecho do livro “Marley & Eu”:

“Para um cão, você não precisa de carrões, de grandes casas ou roupas de marca. Símbolos de status não significavam nada para ele. Um pedaço de madeira já está ótimo. Um cachorro não se importa se você é rico ou pobre, inteligente ou idiota, esperto ou burro. Um cão não julga os outros por sua cor, credo ou classe, mas por quem são por dentro. Dê seu coração a ele, e ele lhe dará o dele. É realmente muito simples, mas, mesmo assim, nós humanos, tão mais sábios e sofisticados, sempre tivemos problemas para descobrir o que realmente importa ou não. De quantas pessoas você pode falar isso? Quantas pessoas fazem você se sentir raro, puro e especial? Quantas pessoas fazem você se sentir extraordinário?”

Sobre o autor

Avatar
Jornalista (MTB-PE: 6750), formada em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo, pela UniFavip-DeVry, escreve artigos para os mais diversos veículos. Produz um conteúdo original, é atualizada com as noções de SEO e tem versatilidade na produção dos textos.