Rações premium para cachorros. Vale a pena comprar? Quais diferenças?

Atualmente, existe no mercado quatro tipos de rações

Para crescer forte e manter-se saudável seu cachorro precisa alimentar-se bem. Por isso, é fundamental a escolha dos alimentos corretos para ele. No mercado, existem diversos tipos de rações. Elas variam de populares até rações super premium. Você sabe a diferença entre elas? Descubra quais os tipos e quais são as melhores para seu amigo fiel.

Conhecendo as rações para cães

O percentual de proteína varia de ração para ração

Existem rações de vegetais e carnes (Foto: depositphotos)

Ração Comum

A ração comum para cães você já deve imaginar: é a mais barata. Geralmente ela é feita com restos de milho, farelo e soja. O problema é que os cachorros, assim como os gatos, são animais carnívoros, ou seja, precisam de carne para se manterem bem nutridos e esse tipo de ração passa longe da proteína animal.

Veja também: Ração úmida: sachê e patê para cães fazem mal?

Ração Simples ou Standard

Esse tipo de ração, simples ou standard, já está um passo à frente da comum, pois já contém farinha de carne e ossos, além de glúten de milho e gordura animal.

Você encontra essa ração em muitos supermercados. Elas já vêm embaladas e sinalizadas, diferentemente da comum que é vendida a granel. Por conta desses detalhes, ela é mais cara que a primeira ração citada.

Ração Premium

Esse tipo de ração é mais cara que as anteriores. Mas, não é só o preço que a qualifica, mas sua composição que faz toda a diferença. Ela é rica em proteína animal e tem substâncias que facilitam a digestão, ao contrário do glúten e da gordura presentes no tipo de ração standard.

Esse tipo de alimento também garante que o seu animalzinho coma menos, pois o tipo de composição dele garante maior saciedade e a proteína presente é mais lenta para ser absorvida pelo organismo do bichinho.

Veja também9 verdades e 1 mentira sobre a alimentação dos cães

Ração Super Premium

O nome já diz tudo, não é? Os produtos classificados como super premium possuem fórmulas a base de carne de ovelha, frango, peru, ovos, digestas de frango, etc. Esses alimentos são altamente metabólicos e mantém os animais saciados por mais tempo. Isso tem reflexo direto no número de vezes que ele se alimenta, ou seja, diminui, e até na quantidade de fezes.

Vale a pena dar ao meu cachorro ração Premium?

Sim. Sempre vale a pena dar o melhor para nossos melhores amigos. Porém, você deve realmente colocar na balança os prós e contras e decidir se você consegue manter esse tipo de ração no cardápio do seu cãozinho.

Uma coisa é certa: não dê para ele sua comida. A comida feita para humano pode provocar problemas de saúde nos animais. Leia os rótulos das rações e pese o custo benefício de cada tipo.

Veja tambémMeu cachorro não quer comer, o que fazer